11 de jan. de 2021

Yael Shevach disse que vacinaria o assassino do marido

Yael Shevach disse que vacinaria o assassino do marido
A esposa de Raziel Shevach, assassinado por atividade terrorista, foi ao Twitter para defender a vacinação de terroristas nas prisões israelenses.

Yael Shevach, a viúva do Rabino Raziel Shevach, que foi morta em um ataque terrorista perto de sua casa em Havat Gilad, disse hoje que terroristas presos também deveriam ser vacinados contra COVID-19.

"Vou lançar uma bomba", twittou Shevach. "Por mais que eu odeie terroristas, acho que eles deveriam ser vacinados."

Ela explicou que não pretendia que a vacinação fosse uma prioridade, mas simplesmente igual ao restante dos cidadãos de Israel.

“Não vejo a vacinação como recompensa ou luxo”, disse Shevach a Arutz Sheva. "É parte do nosso esforço nacional para deter a pandemia. Parte disso inclui garantir que os prisioneiros também tenham os cuidados médicos adequados. Será um golpe sério para o Estado se acharmos que vencemos a doença enquanto nossas prisões ainda transbordar de casos. "

"Você teria o terrorista que matou Raziel vacinado?" perguntou um de seus seguidores.

"Por mais difícil que seja dizer", Shevach respondeu, "Sim, eu diria."


Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Coisas Judaicas se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e amigos. Você pode apoiar o Coisas Judaicas via PayPal . 
Veja como: 


SHARE THIS

Author:

O Coisas Judaicas cobre uma das partes mais complicadas e controversas do mundo, o Estado de Israel. Determinado a manter os leitores totalmente informados e capacitá-los a formar e desenvolver suas próprias opiniões, o Blog existe de 2005 e sempre procuramos dar a nossos leitores noticias e opiniões avalizadas. Sobre Israel, a região e o mundo judaico.

0 comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não do Blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.Não publicamos comentários anônimos. Coloque teu URL que divulgamos