2 de jan. de 2021

Azul e branco podem não conseguir ultrapassar o limite eleitoral

Azul e branco podem não conseguir ultrapassar o limite eleitoral
O Likud de Netanyahu ainda à frente de seus rivais com 29 assentos no Knesset, seguido por New Hope e Yesh Atid-Telem

O partido Azul e Branco de Israel, presidido pelo Ministro da Defesa e Primeiro Ministro Suplente Benny Gantz, pode não conseguir superar o limite eleitoral na próxima votação, uma nova pesquisa revelou na sexta-feira.

A pesquisa, publicada pelo Ma'ariv na sexta-feira e conduzida na quinta-feira, mostrou que apenas 2,6% dos 531 entrevistados se manifestaram a favor do partido, que precisaria de pelo menos 3,25% para obter representação no Knesset (Parlamento de Israel).

O Likud, presidido pelo primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, continuará sendo o maior partido no parlamento com seus 29 assentos, sugeriu a pesquisa.

O New Hope, partido liderado pelo ex-membro do Likud e rival de Netanyahu, Gideon Sa'ar, está atrás do Likud com 17 cadeiras, com Yesh Atid-Telem vindo em terceiro com 14 cadeiras.

O partido de direita Yamina, liderado pelo ex-ministro da Defesa Naftali Bennett, recebeu 13 cadeiras na votação, seguido pelo partido predominantemente árabe Lista Conjunta, com seus 11 mandatos.

Shas e United Torah Judaism, dois partidos religiosos de direita aliados do Likud, garantiram oito cadeiras cada, assim como o partido Israelis de Ron Huldai, enquanto Yisrael Beiteinu de Avigdor Liberman obteve sete votos no Knesset.

O partido de esquerda Meretz garantiu cinco cadeiras, com o Trabalhismo falhando em limpar o limiar eleitoral.

Enquanto Israel se prepara para uma nova eleição em março de 2021, o cenário político do país está em movimento, com deserções e novos partidos surgindo tanto na esquerda quanto na direita.


Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Coisas Judaicas se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e amigos. Você pode apoiar o Coisas Judaicas via PayPal ou na Vaquinha virtual . 
Veja como: 


SHARE THIS

Author:

O Coisas Judaicas cobre uma das partes mais complicadas e controversas do mundo, o Estado de Israel. Determinado a manter os leitores totalmente informados e capacitá-los a formar e desenvolver suas próprias opiniões, o Blog existe de 2005 e sempre procuramos dar a nossos leitores noticias e opiniões avalizadas. Sobre Israel, a região e o mundo judaico.

0 comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não do Blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.Não publicamos comentários anônimos. Coloque teu URL que divulgamos