10 de dez. de 2020

Partido de Netanyahu racha e leva o caos de nova eleição em Israel

Partido de Netanyahu racha e leva o caos de nova eleição em Israel

Partido de Netanyahu racha, e eleições em Israel devem ser em março
Uma comissão israelense recomendou, nesta quarta-feira (9), que as eleições legislativas sejam realizadas em 16 de março, no momento em que um dissidente do partido do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu cria sua própria sigla.
Na semana passada, os deputados israelenses adotaram, em votação preliminar, uma moção de dissolução do Parlamento e de convocação de novas eleições.
Esta resolução forçou uma comissão a redigir um projeto de lei para dissolver a câmara, com as tensões de fundo no governo de coalizão nacional de Netanyahu e seu rival de longa data Benny Gantz. O texto final apresentado pela comissão prevê eleições legislativas em 16 de março.
É neste clima que se dá o movimento de Gideon Saar, um dos dirigentes do Likud, legenda de Netanyahu, que oficializou sua saída na quarta-feira para criar seu próprio partido.
"Não posso continuar a apoiar um governo liderado por Netanyahu (...) Israel precisa de unidade e de estabilidade, e Netanyahu não traz um, nem outro", disse Saar na terça-feira.
Este advogado e jornalista foi eleito pela primeira vez para o Parlamento em 2003 e enfrentou Netanyahu nas primárias do Likud, o grande partido da direita israelense, em 2019.
"O Likud hoje não é mais um partido político, mas um projeto pessoal de Netanyahu", afirmou Emmanuel Navon, professor de ciência política que deixou o Likud para seguir Saar, em conversa com a AFP nesta quarta-feira.
A saída de Saar do Likud ganhou a primeira página dos jornais israelenses nesta quarta e reacendeu rumores de mais dissidência na sigla.
Para o jornal Yediot Aharonot, "Gideon Saar diz coisas sobre Netanyahu que não tínhamos ouvido nem mesmo de seus piores inimigos".
Uma pesquisa divulgada hoje (9) coloca o futuro partido de Saar na terceira posição de intenção de voto, atrás do Likud e do partido Yamina, de Naftali Bennet (direita radical), e bem à frente da formação de centro do governo de coalizão Azul-Branco, de Benny Gantz.

Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Coisas Judaicas se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e amigos. Você pode apoiar o Coisas Judaicas via PayPal ou na Vaquinha virtual . 
Veja como: 


SHARE THIS

Author:

O Coisas Judaicas cobre uma das partes mais complicadas e controversas do mundo, o Estado de Israel. Determinado a manter os leitores totalmente informados e capacitá-los a formar e desenvolver suas próprias opiniões, o Blog existe de 2005 e sempre procuramos dar a nossos leitores noticias e opiniões avalizadas. Sobre Israel, a região e o mundo judaico.

0 comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não do Blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.Não publicamos comentários anônimos. Coloque teu URL que divulgamos