9 de dez. de 2020

Avião de carga transportando primeiro lote de vacinas da Pfizer pousa em Israel

      


O primeiro lote da nova vacina contra o coronavírus da Pfizer, supostamente com uma taxa de eficácia de cerca de 95%, chegou a Israel na manhã de quarta-feira, trazendo a esperança de que o primeiro passo para erradicar a doença mortal finalmente chegou. 

Um avião da DHL transportando  cerca de 3.000 a 4.000 doses pousou no aeroporto Ben Gurion de Tel Aviv na  manhã de quarta-feira, quando o país está observando um aumento preocupante no número de casos diários de coronavírus. 

Ao falar em frente ao jato de carga ocioso na pista do aeroporto Ben Gurion, o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu disse que "hoje foi um dia de comemoração", pois o fim da pandemia "já estava à vista".

Acompanhado pelo ministro da Saúde Yuli Edelstein, o premiê também disse que, como forma de encorajar o público israelense a receber o novo tratamento, ele se ofereceria publicamente para obter a vacinação.   

As doses serão imediatamente transferidas para uma instalação de armazenamento ultracongelado administrada pela empresa médica israelense Teva.

De acordo com a emissora em idioma hebraico Canal 12 , 20 de dezembro é a data oficial programada para o lançamento de  uma campanha nacional de imunização, embora as vacinas possam começar já na próxima semana.

Devido à complexa logística de armazenamento das vacinas em temperaturas ultrabaixas (-94 graus Fahrenheit), as doses expiram cinco dias após serem levadas para hospitais e outros centros médicos.

Outro avião de carga transportando um lote maior do tratamento deve chegar a Israel na semana seguinte. 

Os cidadãos que optam pela vacinação receberão supostamente benefícios do governo, como não exigir isolamento ao retornar do exterior ou serem expostos a um portador confirmado de coronavírus.

Enquanto isso, o governo decidiu voltar atrás nos planos anteriores de impor um toque de recolher noturno em todo o país e, em vez disso, aprovou a reabertura dos shoppings marcada para a manhã de quarta-feira.  


Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Coisas Judaicas se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e amigos. Você pode apoiar o Coisas Judaicas via PayPal ou na Vaquinha virtual . 
Veja como: 


SHARE THIS

Author:

O Coisas Judaicas cobre uma das partes mais complicadas e controversas do mundo, o Estado de Israel. Determinado a manter os leitores totalmente informados e capacitá-los a formar e desenvolver suas próprias opiniões, o Blog existe de 2005 e sempre procuramos dar a nossos leitores noticias e opiniões avalizadas. Sobre Israel, a região e o mundo judaico.

0 comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não do Blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.Não publicamos comentários anônimos. Coloque teu URL que divulgamos