11 de nov. de 2020

Netanyahu rejeita alegações de que apoiou a questão partidária de Israel nos EUA

Netanyahu rejeita alegações de que apoiou a questão partidária de Israel nos EUA
Biden e Bibi - Arquivo
'Eu represento os interesses de Israel, e não há diferença se é um governo republicano ou democrata'

Promovendo seu relacionamento pessoal com o presumível presidente eleito dos EUA, Joe Biden , o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, rejeitou na terça-feira as alegações de que fazia do apoio a Israel uma questão partidária na política americana. 

Netanyahu, conhecido por seu relacionamento incômodo e muitas vezes irritado com o ex-presidente democrata Barack Obama, e um abraço caloroso do incendiário republicano Donald Trump, disse que se dá bem com os democratas e também com membros do Partido Republicano. 

“Eu represento os interesses de Israel, e não há diferença se é um governo republicano ou democrata”, disse ele em um discurso no Knesset (parlamento israelense) por ocasião da votação para ratificar formalmente o tratado de paz com Bahrein.  

“Nos últimos anos, os fatos são os seguintes: Sempre que vou ao Capitólio, sempre me encontro com líderes de ambos os partidos, tanto no Congresso quanto no Senado”, acrescentou o líder. 

Ao relembrar seu relacionamento com Biden, que era o vice-presidente de Obama, Netanyahu destacou dois momentos: uma conversa após a morte do pai de Netanyahu em 2012 e um telefonema depois que o filho de Biden, Beau, morreu de câncer três anos depois. 

“Existem coisas que estão acima da política e da diplomacia”, observou Netanyahu.

Enquanto a maioria dos meios de comunicação declarou Biden o vencedor das Eleições Presidenciais de 2020, a contagem oficial ainda está em andamento e Trump ainda não cedeu . Ele também está supostamente planejando uma série de ações judiciais, alegando ampla fraude eleitoral.


Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Coisas Judaicas se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e amigos. Você pode apoiar o Coisas Judaicas via PayPal ou na Vaquinha virtual . 
Veja como: 

Vaquinha Virtual: Vaquinha Virtual

SHARE THIS

Author:

O Coisas Judaicas cobre uma das partes mais complicadas e controversas do mundo, o Estado de Israel. Determinado a manter os leitores totalmente informados e capacitá-los a formar e desenvolver suas próprias opiniões, o Blog existe de 2005 e sempre procuramos dar a nossos leitores noticias e opiniões avalizadas. Sobre Israel, a região e o mundo judaico.

0 coment rios:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não do Blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.Não publicamos comentários anônimos. Coloque teu URL que divulgamos