24 de nov. de 2020

Netanyahu indicado para o Prêmio Nobel da Paz

Netanyahu indicado para o Prêmio Nobel da Paz
Prêmio Nobel da Paz instrumental no acordo de paz entre o Reino Unido e a Irlanda recomenda que o primeiro-ministro israelense receba o Prêmio Nobel.

O primeiro-ministro israelense, Binyamin Netanyahu, foi nomeado na terça-feira para o Prêmio Nobel da Paz, pela recente série de acordos de paz entre Israel e estados árabes moderados.

A nomeação foi apresentada por Lord David Trimble, um ex-legislador da Irlanda do Norte que foi fundamental nas negociações que levaram ao Acordo da Sexta-feira Santa de 1998, que efetivamente encerrou o conflito entre protestantes e católicos na Irlanda do Norte.

Trimble foi eleito ganhador do Prêmio Nobel da Paz, recebendo o prêmio em 1998.

Como Netanyahu foi indicado por um laureado, o comitê do prêmio deve se reunir para considerar a indicação.

Além do primeiro-ministro Netanyahu, Trimble nomeou Mohammed bin Zayed Al Nahyan, o príncipe herdeiro de Abu Dhabi e comandante supremo adjunto das forças armadas dos Emirados Árabes Unidos, para o Prêmio Nobel da Paz.

No início da terça-feira , Netanyahu anunciou planos de visitar outro Estado árabe Gul, Bahrein, que recentemente normalizou as relações com o estado judeu.

Em uma declaração na terça-feira, Netanyahu disse que conversou com o vice-rei do Bahrein e o príncipe herdeiro Salman bin Hamad bin Isa Al Khalifa por telefone na segunda à noite.

Durante a conversa, a segunda entre Netanyahu e o Príncipe Herdeiro, os dois líderes discutiram formas de fortalecer os laços entre seus países.

O príncipe herdeiro convidou Netanyahu para visitar a capital do Bahrein, Manama, com Netanyahu prometendo uma viagem em um futuro próximo.

“Falei agora com o príncipe herdeiro do Bahrein, Salman bin Hamad Al Khalifa”, disse Netanyahu em um comunicado na manhã de terça-feira. “Foi a nossa segunda conversa e foi muito coridial.”

“Estamos ambos muito entusiasmados com o fato de sermos capazes de trazer os frutos da paz para nossos dois povos e nossos países em um futuro muito próximo”.

“Portanto, ele me convidou para uma visita oficial de estado ao Bahrein em um futuro próximo, o que eu farei.”


Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Coisas Judaicas se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e amigos. Você pode apoiar o Coisas Judaicas via PayPal ou na Vaquinha virtual . 
Veja como: 


SHARE THIS

Author:

O Coisas Judaicas cobre uma das partes mais complicadas e controversas do mundo, o Estado de Israel. Determinado a manter os leitores totalmente informados e capacitá-los a formar e desenvolver suas próprias opiniões, o Blog existe de 2005 e sempre procuramos dar a nossos leitores noticias e opiniões avalizadas. Sobre Israel, a região e o mundo judaico.

0 comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não do Blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.Não publicamos comentários anônimos. Coloque teu URL que divulgamos