7 de nov. de 2020

Netanyahu dá os parabéns após o discurso do presidente eleito esta noite

Netanyahu dá os parabéns após o discurso do presidente eleito esta noite

O ministro da Defesa, Benny Gantz, e o ministro das Relações Exteriores, Gabi Ashkenazi, também não fizeram declarações públicas

O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu estenderá seus parabéns a Joe Biden depois que o recém-eleito líder dos EUA fizer um discurso de vitória esta noite às 20h EST, de acordo com o The Jerusalem Post.

Netanyahu, junto com o ministro da Defesa Benny Gantz e o ministro das Relações Exteriores Gabi Ashkenazi, tem estado notavelmente silencioso sobre a vitória eleitoral de Biden sobre o presidente cessante Donald Trump, apesar de uma demonstração de apoio de líderes ao redor do mundo. 

O ex-embaixador israelense nos EUA, Michael Oren, disse à i24NEWS em uma entrevista transmitida logo após a eleição de Biden que o silêncio de Jerusalém não seria "bom" em Washington. 

"Uma coisa que aprendi como embaixador é que em Washington, na Casa Branca, eles prestam muita atenção à reação de Israel aos acontecimentos nos Estados Unidos", disse Oren, que serviu como enviado a Jerusalém de 2009-2013, à i24NEWS. 

Vários políticos israelenses estenderam publicamente seus parabéns a Biden, incluindo o líder da oposição Yair Lapid (partido Yesh Atid), Nir Barkat, um legislador do partido Likud do primeiro-ministro, e o ministro da Justiça israelense, Avi Nissenkorn. 

De acordo com a emissora pública israelense Kann , o escritório de Netanyahu instruiu os ministros do Likud a enfatizar publicamente sua esperança de que o novo governo continue "a política externa do presidente Trump que mostrou resultados - a política sobre o Irã, a promoção da normalização entre Israel e os países árabes."

A comunicação não menciona a expressão de felicitações ao novo Presidente eleito. 

Netanyahu tem um relacionamento próximo com Donald Trump e acredita-se que esteja receoso de incomodar o comandante-chefe que está saindo, faltando ainda dois meses para sua presidência.  

Biden, 77, foi projetado para vencer a corrida depois que a CNN e a Associated Press anunciaram no sábado que o ex-legislador tinha vantagem suficiente para vencer o estado da Pensilvânia de uma vez, empurrando-o para o limite de 270 colégios eleitorais.  

 Trump, de 74 anos, fez alegações ainda não comprovadas de fraude eleitoral em massa, e sua campanha lançou contestações legais em vários estados.

Biden passou oito anos como vice-presidente de Barack Obama. Sua vitória vem em sua terceira corrida ao cargo mais alto do país.


Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Coisas Judaicas se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e amigos. Você pode apoiar o Coisas Judaicas via PayPal ou na Vaquinha virtual . 
Veja como: 

Vaquinha Virtual: Vaquinha Virtual

SHARE THIS

Author:

O Coisas Judaicas cobre uma das partes mais complicadas e controversas do mundo, o Estado de Israel. Determinado a manter os leitores totalmente informados e capacitá-los a formar e desenvolver suas próprias opiniões, o Blog existe de 2005 e sempre procuramos dar a nossos leitores noticias e opiniões avalizadas. Sobre Israel, a região e o mundo judaico.

0 comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não do Blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.Não publicamos comentários anônimos. Coloque teu URL que divulgamos