26 de out. de 2020

Trump reconhece rabinos que agradeceram a ele

Trump reconhece rabinos que agradeceram a ele
“Obrigado Rabinos!” tuitou o presidente dos EUA depois que rabinos proeminentes agradeceram por chamar as instituições religiosas de "essenciais" durante a pandemia

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, no domingo agradeceu a um grupo de 13 rabinos americanos proeminentes que lhe escreveram uma carta agradecendo por expressar apoio às instituições religiosas durante a pandemia do coronavírus.

“Obrigado Rabinos!” ele twittou.

Os signatários da carta incluem o rabino Avrohom Osdoba, o rabino Jacob Grunwald, o rabino Yisroel Hager, o rabino Benztion Halberstam, o rabino Shmuel Kamenetsky, o rabino Malkiel Kotler, o rabino Moshe Rabinovich, o rabino Aaron Teitelbaum, o rabino Zalkky Teitelbaum, o rabino Zalkky Teitelbaum, o rabino Zalkky Teitelbaum, Rabino Eli Dov Wachtfogel e Rabino Moshe Wolfson.

Trump reconhece rabinos que agradeceram a ele
Twitter

A carta começa: "Escrevemos para expressar nossa mais profunda gratidão a você, Sr. Presidente, especialmente à luz de sua recente declaração de que as casas de culto devem ser consideradas 'essenciais'."

"Você deu uma voz poderosa para o que todas as pessoas boas sabem sem sombra de dúvida: que agora, mais do que nunca, devemos nos voltar para D'us todo-poderoso, fortalecendo nossa fé e permanecendo fiéis aos nossos valores em face das tribulações atuais."

"Durante qualquer momento de crise, pessoas de todas as origens, crenças e denominações procuram liderança, para ajudá-las a dirigir um curso através da turbulência e incerteza. No entanto, nem todas as épocas são abençoadas com o mesmo calibre de liderança, como fica evidente no até que ponto uma nação mantém sua integridade em tempos de turbulência. "

"É precisamente com isso em mente que nos sentimos tão gratos por você, Sr. Presidente, estar de fato expressando a liderança de que precisamos com tanta urgência, defendendo os direitos das primeiras emendas, que são fundamentais para nos ajudar a enfrentar a tempestade da pandemia atual."

"Você exemplificou essa liderança com seu compromisso com a importância essencial das entidades religiosas", escreveram eles.


Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Coisas Judaicas se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e amigos. Você pode apoiar o Coisas Judaicas via PayPal ou na Vaquinha virtual . 
Veja como: 

Vaquinha Virtual: Vaquinha Virtual

SHARE THIS

Author:

O Coisas Judaicas cobre uma das partes mais complicadas e controversas do mundo, o Estado de Israel. Determinado a manter os leitores totalmente informados e capacitá-los a formar e desenvolver suas próprias opiniões, o Blog existe de 2005 e sempre procuramos dar a nossos leitores noticias e opiniões avalizadas. Sobre Israel, a região e o mundo judaico.

0 coment rios:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não do Blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.Não publicamos comentários anônimos. Coloque teu URL que divulgamos