29 de out. de 2020

O que eu sou, uma cabra?' Veja Gal Gadot ensinar gíria hebraica

O que eu sou, uma cabra?' Veja Gal Gadot ensinar gíria hebraica

A estrela israelense da 'Mulher Maravilha' posta um vídeo no YouTube explicando uma ampla variedade de expressões locais, de 'vaca, vaca' a 'terceira vez, sorvete'.

Se você sempre quis aprender gíria hebraica, agora é sua chance com um professora superstar.

Gal Gadot, uma estrela de Hollywood nascida em Israel, postou um vídeo de quase seis minutos que irá informá-lo sobre o que os israelenses estão falando quando dizem coisas como "O que sou eu, uma cabra?" “Vaca, vaca” e “cabeça de repolho”.

Expressões não agrícolas incluem uma explicação de por que uma "perda de tempo" é boa, quando dizer "terceira vez, sorvete" e o que exatamente as pessoas querem dizer quando exclamam "merda no suco".

Ela também aborda o comumente ouvido “yalla / vamos lá, se apresse”, “achi / irmão” e “sem mau-olhado”, que ela acompanha com uma série de gestos supersticiosos e cuspidas várias vezes.

O vídeo de Gadot foi postado no YouTube esta semana, como parte de uma colaboração com a revista Vanity Fair, depois que a estrela de “Mulher Maravilha” apareceu na capa de novembro.

Gadot também gerou manchetes nesta semana quando anunciou que se uniria novamente à diretora de “Mulher Maravilha” Patty Jenkins em um novo filme sobre a lendária rainha egípcia Cleópatra.

O anúncio atraiu críticas, com alguns protestos contra a escalação de uma israelense como rainha do Egito, dizendo que uma mulher árabe ou negra deveria ter ganhado o papel.

Outros objetaram simplesmente porque ela é israelense. No entanto, muitos, incluindo o autor do roteiro, foram rápidos em apontar que Cleópatra não era árabe nem negra, mas sim uma macedônia grega.

Gadot ficou este mês em terceiro lugar na  lista  da Forbes das atrizes mais bem pagas do mundo em 2020.


Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Coisas Judaicas se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e amigos. Você pode apoiar o Coisas Judaicas via PayPal ou na Vaquinha virtual . 
Veja como: 

Vaquinha Virtual: Vaquinha Virtual

SHARE THIS

Author:

O Coisas Judaicas cobre uma das partes mais complicadas e controversas do mundo, o Estado de Israel. Determinado a manter os leitores totalmente informados e capacitá-los a formar e desenvolver suas próprias opiniões, o Blog existe de 2005 e sempre procuramos dar a nossos leitores noticias e opiniões avalizadas. Sobre Israel, a região e o mundo judaico.

0 coment rios:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não do Blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.Não publicamos comentários anônimos. Coloque teu URL que divulgamos