30 de out. de 2020

Judeus sul-africanos celebraram uma condenação criminal sem precedentes, proferida por postagens antissemitas no Twitter

Judeus sul-africanos celebraram uma condenação criminal sem precedentes, proferida por postagens antissemitas no Twitter

Judeus sul-africanos celebram a primeira condenação criminal por antissemitismo online

O Tribunal de Magistrados de Randburg considerou Matome Letsoalo culpado de crime de injúria – um crime previsto por “prejudicar de forma ilegal e intencionalmente a dignidade ou privacidade de outra pessoa” – por dois tuítes dirigidos ao Conselho Judaico da África do Sul.

“Este foi o primeiro veredicto criminal em um caso de antissemitismo na África do Sul”, informou o grupo.

Em junho de 2018, Letsoalo tuitou: “@SAJBD O #Holocausto será como um piquenique quando terminarmos com todos vocês, bastardos sionistas; Fuck All Of You”, junto com imagens de vítimas do Holocausto e uma suástica.

Em um segundo tuíte, Letsoalo – um jovem de cerca de 20 anos de Polokwane, no norte do país – escreveu que o SAJBD “deve ser dizimado”. “Não podemos ter ratos escandinavos, judeus falsos, bastardos sionistas administrando nossa economia”.

“Este resultado envia uma forte mensagem de que ataques ameaçadores e cheios de ódio à nossa comunidade não serão tolerados e que o SAJBD fará tudo o que for necessário para levar os responsáveis à justiça, não importa quanto tempo isso leve”, disse a presidente do grupo, Wendy Kahn.

“Estamos muito satisfeitos com o desfecho deste caso, pois é a primeira vez que vemos um caso de antissemitismo ser considerado um crime”. Este é um precedente importante em termos de eventuais casos futuros de antissemitismo, incluindo outros assuntos que temos atualmente nos tribunais”, acrescentou ela.


Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Coisas Judaicas se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e amigos. Você pode apoiar o Coisas Judaicas via PayPal ou na Vaquinha virtual . 
Veja como: 

Vaquinha Virtual: Vaquinha Virtual

SHARE THIS

Author:

O Coisas Judaicas cobre uma das partes mais complicadas e controversas do mundo, o Estado de Israel. Determinado a manter os leitores totalmente informados e capacitá-los a formar e desenvolver suas próprias opiniões, o Blog existe de 2005 e sempre procuramos dar a nossos leitores noticias e opiniões avalizadas. Sobre Israel, a região e o mundo judaico.

0 coment rios:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não do Blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.Não publicamos comentários anônimos. Coloque teu URL que divulgamos