25 de out. de 2020

Coisas e fatos judaicos para você saber

Coisas e fatos judaicos para você saber

O judaísmo revela que a Presença de D’us se revelava no Templo Sagrado de Jerusalém. Mesmo após a destruição do Segundo Templo, a plataforma onde se erguia o Templo continua sendo sagrada, pois o espírito de D’us nunca partiu de lá.


Em 1945, a Alemanha Oriental negou qualquer tipo de responsabilidade nacional pelo Holocausto e se recusou a oferecer reparações para sobreviventes judeus. Foi apenas em 1990 que a Alemanha Oriental admitiu culpa pelo Holocausto. Já a Alemanha Ocidental, a partir de 1951, concordou em compensar judeus pela perda de posses que eles sofreram durante a Segunda Guerra Mundial.


Dia 3 do mês hebraico de Cheshvan, é a data de falecimento do mestre chassídico, Rabi Israel de Ruzhin (1797-1850). O Rebe de Ruzhin foi o bisneto do Rabi Dov Ber de Mezeritch, o Grande Maguid, que sucedeu o Baal Shem Tov na liderança do Movimento Chassídico.


No judaísmo, é possível pedir perdão para aqueles que já faleceram. Deve-se ir ao cemitério, na presença de dez homens judeus, e pedir perdão no túmulo do falecido.


Pouco antes de sua morte, o ditador Joseph Stalin planejava exilar todos os judeus da União Soviética. Nos notórios “Julgamentos dos Médicos”, médicos judeus foram acusados de conspirarem contra Stalin. Essas acusações falsas tinham o propósito de fomentar a ira da população contra os judeus, facilitando a expulsão de todos eles do país.


Os tzares tratavam os judeus de forma tão abominável, que muitos destes foram líderes da Revolução Bolshevique de 1917. Os judeus da Rússia fundaram e participaram de muitas organizações socialistas. Um dos mais importantes conselheiros de Lênin era judeu. Porém, com o passar do tempo, os comunistas russos se voltaram contra os judeus, proibindo a prática do judaísmo e promovendo o antissemitismo.


Devido ao antissemitismo prevalente nas melhores universidades dos Estados Unidos, Abram Sachar, em 1948, fundou a Brandeis University. Brandeis foi fundada com o propósito de ser uma faculdade laica para alunos judeus. A universidade foi nomeada em homenagem a Louis Brandeis, o primeiro judeu a se tornar um juiz na Suprema Corte norte-americana.


Em Tel Aviv, é proibido dirigir um carro na data de Yom Kipur – o dia mais sagrado do calendário judaico. Esta proibição não é apenas religiosa, mas civil também.


Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Coisas Judaicas se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e amigos. Você pode apoiar o Coisas Judaicas via PayPal ou na Vaquinha virtual . 
Veja como: 

Vaquinha Virtual: Vaquinha Virtual

SHARE THIS

Author:

O Coisas Judaicas cobre uma das partes mais complicadas e controversas do mundo, o Estado de Israel. Determinado a manter os leitores totalmente informados e capacitá-los a formar e desenvolver suas próprias opiniões, o Blog existe de 2005 e sempre procuramos dar a nossos leitores noticias e opiniões avalizadas. Sobre Israel, a região e o mundo judaico.

Um comentário:

  1. Que falta de humanidade com esse povo de Deus e tão amado sou brasileiro mas amo o povo judeu

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não do Blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.Não publicamos comentários anônimos. Coloque teu URL que divulgamos