4 de out. de 2020

A polícia de Israel prende dezenas de protestos em todo o país




Três apreendidos após se aproximarem da residência de FM Ashkenazi em Kefar

Vários protestos surgiram em Israel no sábado à noite sob a sombra da nova lei do coronavírus, que restringia as manifestações a uma distância de um quilômetro (pouco mais de meia milha) da casa de uma pessoa, informou a mídia hebraica.

Os manifestantes na Praça Habima, em Tel Aviv, conseguiram romper uma barreira policial e marcharam para a rua, bloqueando o tráfego, informou o outlet Walla News .

Dezenas foram detidos pela Polícia de Israel, enquanto vários protestos se aproximavam das casas de ministros do governo .

Três foram presos na cidade de Kefar Sava, em frente à residência privada do ministro das Relações Exteriores, Gabi Ashkenazi, informou o jornal Maariv . Pelo menos mais 10 foram presos em Tel Aviv, depois que os confrontos ocorreram entre manifestantes e policiais.

Multas por violação do coronavírus e regras de bloqueio também foram aplicadas.

Além disso, dois incidentes violentos com ferimentos sofridos a manifestantes foram relatados pelo N12 no bairro de Ramat Hahayal em Tel Aviv e em Nes Ziona - mas não estava claro se eles estavam relacionados aos protestos ou a fracases pessoais.

De acordo com o N12 , o número de manifestantes em todo o país foi estimado em dezenas de milhares.

Os protestos no estado judeu se intensificaram nos últimos dois meses, dirigidos contra o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu por causa de seu julgamento em andamento e também da forma como o governo está lidando com a pandemia de coronavírus.

Netanyahu enfrenta acusações de corrupção em três casos separados - nos quais ele nega veementemente qualquer delito.



Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Coisas Judaicas se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e amigos. Você pode apoiar o Coisas Judaicas via PayPal ou na Vaquinha virtual . 
Veja como: 

Vaquinha Virtual: Vaquinha Virtual

SHARE THIS

Author:

O Coisas Judaicas cobre uma das partes mais complicadas e controversas do mundo, o Estado de Israel. Determinado a manter os leitores totalmente informados e capacitá-los a formar e desenvolver suas próprias opiniões, o Blog existe de 2005 e sempre procuramos dar a nossos leitores noticias e opiniões avalizadas. Sobre Israel, a região e o mundo judaico.

0 comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não do Blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.Não publicamos comentários anônimos. Coloque teu URL que divulgamos