Sérvia e Kosovo abrirão embaixadas de Israel em Jerusalém
Embaixada dos EUA em Jerusalém em 18 de outubro de 2018
 [Thomas Coex / AFP / Getty Images]

     O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu disse na sexta-feira, segundo a Reuters, que Sérvia e kosovo abrirão embaixadas em Jerusalém


A declaração foi feita logo depois que o presidente dos EUA, Donald Trump, fez um anúncio semelhante em Washington, onde se reuniu com líderes da Sérvia e de Kosovo quando eles concordaram em normalizar os laços econômicos entre eles.
“Kosovo será o primeiro país com maioria muçulmana a abrir uma embaixada em Jerusalém”, disse Netanyahu. “Como eu disse nos últimos dias – o círculo de paz e reconhecimento de Israel está se expandindo e mais países devem se juntar.”
Apenas dois países – Estados Unidos e Guatemala – já abriram embaixadas em Jerusalém. Os palestinos se opuseram a tais movimentos.
O status de Jerusalém é um dos obstáculos mais espinhosos para forjar um acordo de paz entre Israel e os palestinos, que com amplo apoio internacional querem Jerusalém Oriental, capturada por Israel na guerra do Oriente Médio de 1967, como sua capital.
Israel considera toda a cidade, incluindo o setor oriental que anexou após a guerra de 1967, como sua capital.
Israel e os Emirados Árabes Unidos concordaram no mês passado em normalizar as relações diplomáticas em um acordo que Trump ajudou a intermediar.



Blog Judaico 
Receba nossa newsletter
Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.