Eric Behenck
Tesouro milenar é descoberto em Israel

Uma pequena fortuna de moedas de ouro puro foi escondido cerca de 1.100 anos atrás em Israel.


 As moedas foram deixadas em um buraco no chão, provavelmente o dono do tesouro planejava voltar para buscá-lo, algo que acabou não acontecendo.
Pesquisadores acreditam que essa descoberta é uma das maiores do tipo já feita em Israel e deverá ajudar no entendimento do passado. As descobertas foram feitas na cidade de Yavne, durante escavações arqueológicas. São 425 moedas de ouro de 24 quilates.

Moedas de ouro estão em ótimo estado

Foram voluntários do serviço militar obrigatório de Israel que encontraram o material. Mas, foi a Autoridade de Antiguidades de Israel (IAA) que organizou esse trabalho.
“Eu cavei no solo e vi o que parecia ser folhas muito finas”, comentou um dos jovens, chamado Oz Cohen. “Quando olhei de novo, vi que eram moedas de ouro. Foi realmente emocionante encontrar um tesouro tão especial e antigo”, completou o descobridor.
Tesouro milenar é descoberto em Israel
Boa parte das moedas é do período abássida, conhecida como Idade de Ouro Islâmica. Esse período começou em 750 d.C. e foi até 1258 d.C. O auge foi em 850 d.C. quando o califado governou partes da África e do Oriente Médio. A queda veio em 1258, quando mongóis saquearam Bagdá.
“Encontrar moedas de ouro, certamente em uma quantidade tão considerável, é extremamente raro”, disse Liat Nadav-Ziv e Elie Haddad, que dirigiu a escavação. “Quase nunca os encontramos em escavações arqueológicas, visto que o ouro sempre foi extremamente valioso, derretido e reutilizado de geração em geração”, completou.
As moedas apresentam ótimo estado de conservação, já que são fabricadas com ouro puro.

Tesouro milenar foi esquecido por seu dono?

Segundo o especialista em moedas do IAA, Robert Kool, com as 845 gramas de ouro encontradas era possível comprar uma casa luxuosa em um dos melhores bairros na capital do Egito durante aquele período. Com base no preço atual do ouro, esse pote valeria cerca de 52,6 mil dólares.
O tesouro milenar foi encontrado numa área que possivelmente era uma oficina no passado. Assim, talvez fosse propriedade de algum artesão ou comerciante.
Tesouro milenar é descoberto em Israel
Enquanto o tesouro era examinado, pesquisadores puderam fazer uma descoberta notável: uma das moedas é formada por solidus dourado. Ela foi cunhada em Constantinopla durante o reinado do Imperador Teófilo (829-842 d.C.). Neste período os bizantinos e os abássidas eram inimigos e disputaram algumas guerras.
A presença desta moeda indica uma conexão física entre estados cristãos e muçulmanos. Mas, uma possibilidade é que a moeda tenha sido levada de Constantinopla durante um ataque abássida, o que era comum naquela época.
Com informações de Live Science e Ancient Origins.



Blog Judaico 
Receba nossa newsletter
Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.