30 de jul. de 2020

Tishá beav


Tishá beav - Coisas Judaicas

Tishá BeAv é um dia de luto para todo o povo judeu. É uma data marcada pela destruição do Primeiro Templo, em 586 AEC por Nabucodonosor, Rei da Babilônia e a destruição do Segundo Templo, no ano 70 EC por Titus, Imperador de Roma. 



Essa data também está associada ao início da expulsão dos Judeus da Espanha em 1942, por ordem da Monarquia Espanhola. Todos esses acontecimentos transformaram Tishá BeAv no principal dia de luto no calendário Judaico.
Muitas práticas são observadas durante este período: Tishá BeAv é um dia de jejum, não há cerimônias de casamento, judeus religiosos não cortam o cabelo, nem ouvem músicas.

A leitura do Echá – O Livro Bíblico das Lamentações
é uma das práticas deste dia e descreve o lamento sobre a destruição do Primeiro Templo. O Echá foi escrito, de acordo com a tradição, pelo profeta Jeremias. As lamentações descrevem a situação de extrema tristeza de Jerusalém e do Povo Judeu após a destruição.

O texto justifica o decreto da destruição imposto por Deus ao povo judeu pelos seus pecados, mas também contém palavras de conforto e súplicas a Deus para perdoar seu povo e devolvê-lo à sua antiga condição. Existe um costume de ler as Lamentações à luz de velas, enquanto senta-se no chão.

Em Tishá BeAv muitos Israelenses vão até o Muro
Ocidental, o último remanescente do Templo, para a leitura do livro das Lamentações.


Blog Judaico 
Receba nossa newsletter
Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.



SHARE THIS

Author:

O Coisas Judaicas cobre uma das partes mais complicadas e controversas do mundo, o Estado de Israel. Determinado a manter os leitores totalmente informados e capacitá-los a formar e desenvolver suas próprias opiniões, o Blog existe de 2005 e sempre procuramos dar a nossos leitores noticias e opiniões avalizadas. Sobre Israel, a região e o mundo judaico.

0 comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não do Blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.Não publicamos comentários anônimos. Coloque teu URL que divulgamos