Daniela Spielmann e Sheila Zaguri lançam disco em homenagem a Jacob do Bandolim
(foto: Thiago Chediak/Divulgação)

Jacob do Bandolim é celebrado em disco de Daniela Spielmann e Sheila Zaguri


O álbum, já disponível nas plataformas digitais, reúne 11 faixas, entre elas, clássicos do artista. Expoente do choro, Jacob do Bandolim tem sido reverenciado ao longo do tempo por instrumentistas e cantores. 


A obra do compositor carioca volta a ser objeto de tributo com o álbum Entre mil...você!, que reúne a saxofonista Daniela Spielmann e a pianista Sheila Zaguri. 


De forma requintada, o duo propõe com esse projeto trazer frescor e contemporaneidade a dolência de um gênero tido como matriz da MPB, a partir de arranjos e interpretação que têm por base o improviso característico do jazz e a sofisticação da música de câmara.


Disponível nas plataformas digitais desde o dia 24 último, CD que agora está sendo lançado no formato físico, pela gavadora Kuarup, reúne 11 faixas que inclui clássicos como as incontestáveis Doce de cocoSanta Morena e Vibrações, as consagradas Bole boleGinga do Mané (homenagem a Mané Garrincha), O voo da moscaReceita de samba e outras menos conhecidas, BenzinhoMigalhas de amor e a faixa título. A elas se juntam duas composições de Sérgio Bitencourt — filho de Jacob —, Modinha e Naquela mesa. Em texto no encarte, o cavaquinista Sérgio Prata, diretor e do Instituto Jacob do Bandolim diz: “Por certo, esse CD traz um Jacob arejado, de janelas abertas, assim como ele faria hoje”.
Daniela Spielman e Sheila Zaguri são acompanhadas nesse trabalho por Almir Côrtes (bandolim), Rodrigo Villa (baixo elétrico e contrabaixo acústico), Catherine Bent (violoncelo), Xande Figueiredo (bateria), Clarice Magalhães e Roberto Valente (pandeiro). A cantora e atriz Soraya Ravenle interpreta Modinha e Naquela mesa.






Saxofonista e flautista, Daniela Spielmann, com bons serviços prestados à música popular brasileira, trafega com familiaridade pelo jazz: gravou 12 discos como integrante de grupos dos quais tomou parte, entre eles Rabo de Lagartixa e Mulheres de Pixinguinha — formado só por mulheres — e um solo, o Afinidades, de 2018. Ex-integrante da banda do programa Altas Horas, comandado por Serginho Groisman, ela fez doutorado em musicologia pela Unicamp, em 2017, sobre a performance de Paulo Moura; e mestrado pela UniRio, em 2018.

Pianista de formação eclética, Sheila Zagury, com atuação destacada em diferentes áreas, como MPB, jazz e música erudita, atuou ao lado do cantor Eduardo Dusek, das cantoras Ângela Ro Ro e Áurea Martins, e da Rio Jazz Orchestra. Há 20 anos, faz duo com o gaitista José Staneck. Em 2010, os dois se juntaram ao violonista Ricardo Santoro na gravação do CD Harmonitango, dedicado à obra de Astor Piazzolla. Zagury também faz parte da Orquestra Lunar e da Orquestra de Gafieira, composta só por mulheres. Com doutorado pela Unicamp,é pesquisadora e professora de música da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

CD de Daniela Spielmann e Sheila Zaguri com 12 faixas. Lançamento da gravadora Kuarup. 
Preço sugerido: R$ 25.




Blog Judaico 
Receba nossa newsletter
Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.



Americanas BR