-->
Coisas Judaicas para você saber

Coisas Judaicas para você saber

Coisas Judaicas para você saber
Páscoa Judaica - Pessach - Coisas Judaicas

ROSH HASHANÁ

Shofar, o chifre oco tocado em Rosh Hashaná, deve ser de um animal casher e não pode ser maciço?
Os chifres de corça e cervo são casher mas não servem por que são maciços?
Búfalo é casher mas seu chifre não serve, nem o de boi, touro, etc. (todos bovinos) pois lembram o pecado do bezerro de ouro?
Chifre de rinoceronte não serve por que ele não é casher?
Aqueles chifres enormes que se usa no Cotel (por exemplo) são de um animal casher chamado Kudu, da família dos antílopes, e é usado pelos Yemenitas?
Chifre de antílope, que é casher, serve para shofar?
O chifre de carneiro é o mais usado pois lembra o sacrifício de Yitschac?
No episódio em que Avraham levou Yitschac para sacrificá-lo no Monte Moriá, Avraham tinha 137 anos de idade e Yitschac 37?

YOM KIPUR

Foi em Yom Kipur que D’us perdoou o pecado do bezerro de ouro?
Foi em Yom Kipur que recebemos, através de Moshe, as Segundas Tábuas da Lei (Luchót Habrit)?

CHANUCÁ

Chanucá significa inauguração e se refere ao Templo de Jerusalém. Se dividirmos a palavra em duas partes: Chanu (acamparam) e Cá (letras Chaf e Hei, cujo valor numérico é 25) há outro significado: em 25 de Kislêv, o povo de Israel acampou e descansou depois da vitória sobre os seus inimigos?
No período anterior a Chanucá [há 2300 anos], os greco-sírios fizeram do estudo e cumprimento da Torá um crime passível de ser submetido à pena de morte ou aprisionamento. Quanto a patrulha síria se aproximava, as crianças que estavam se dedicando ao estudo da Torá, trocavam seus Livros Sagrados por inocentes dreidels (piões) motivo pelo qual se fazem jogos de dreidel, para brincar nas noites de Chanucá?
No Dreidel estão inscritas quatro letras hebraicas (Nun, Guimel, Hei e Shin) que aludem ao milagre da Chanucá: “Nes Gadol Hayá Sham” (“Um grande milagre aconteceu lá” — em Israel)?
Estas letras também formam a palavra GOSHEN (local onde os filhos de Yaacov fizeram a primeira yeshivá de estudos judaicos durante o exílio do Egito). O valor numérico desta letras é 358, que é o valor da palavra Mashiach, aludindo à importância da educação judaica, pois, ao difundir a luz da Torá, apressa-se o advento da era messiânica?
Os “Chashmonaím”, uma família de cohanim (sacerdotes), descendentes de Aharon, da tribo de Levi, lideraram o povo nas batalhas contra os seus opressores gregos, passando a ser conhecidos também como macabi ou “macabeus”, que é a abreviatura do seu lema [e arma de fé], contido no versículo (Exodo 15:11): Mi Camocha Baelim Y(Hashem=D’us) - “Quem é como tu, ó D’us, entre os deuses que são nulos”?
Macabi também pode significar “martelo”, alusão aos golpes infligidos pelos Chashmonaím [macabim] contra o seu inimigo?
Os macabeus não são os únicos heróis de Chanucá. Enquanto as velas de chanucá estão acesas, as mulheres não costumam fazer nenhum trabalho, para comemorar a heróica participação, física e espiritual, de heroínas (como Yehudit e Chana) e da geração de mulheres que se rebelaram contra os valores e a opressão grega, preservando assim o judaísmo?
Costuma-se comer laticínios em Chanucá para recordar como Yehudit derrotou o General Holofernes, durante os três anos em que os macabeus lutaram contra os greco-sírios?
Noach teve três filhos: Shem, Cham e Yefet. YAVAN*(patriarca dos gregos) foi o quarto dos sete filhos de Yefet. Sobre Yefet a Torá diz: “Que Dus dê beleza (=Yofi; beleza estética e filosófica) a Yefet...” — motivo da grande sabedoria e beleza [nas artes, arquitetura, etc.] que é legado da civilização grega?
Yavan (Grécia) escreve-se YUD, VAV, NUN. Tsiyón, que significa Jerusalém ou Israel, escreve-se TSADIC, YUD, VAV, NUN. Só a beleza estética e filosófica pode levar a decadência [Yud está no alto da linha; Vav desce um pouco e o Nun desce até abaixo da linha]. Mas quando antes da “beleza” vem o Tsadic [o justo; a devoção à Torá] aí vira Tsiyón: o lugar onde beleza e santidade se encontram — no Templo em Jerusalém.
O sevivón [dreidl] é um brinquedo característico de Chanucá. Nós fazemos ele mover-se embaixo através de que o acionamos por cima. Isto nos lembra que o milagre de Chanucá se deu de Cima para baixo, transcendendo a natureza?
Ao longo dos oito dias de Chanucá acende-se 36 velas (fora as 8 do shamash) que correspondem aos 36 tsadikim ocultos que iluminam espiritualmente cada geração?
Sobre Chanucá há um ditado chassídico que diz “Escute o que as velas estão nos contando”.
PURIM
É uma antiga tradição de Purim fazer um doce de três pontas, recheado com sementes de papoula ou geléia que chama-se Hamantashen ? Sua origem é curiosa:
Há um antigo costume de comer sementes, em Purim, para lembrar como Ester sobreviveu milagrosamente no palácio real comendo sementes e coisas do gênero (como os outros nobres descendentes da Casa de David) para evitar de comer alimentos não-casher. No início fazia-se, para Purim, uma massa recheada com sementes de papoula que na Europa era mais comum. O doce ficou conhecido como Mun-Tashen (bolsa de papoula...).
Como tornou-se tradicional faze-lo (distribuí-lo e come-lo) em Purim, ele passou a ser chamado de HumunTashen, uma alusão ao vilão da história de Purim, Haman (que se pronuncia Humun em algumas comunidades, assim como Baruch é pronunciado Boruch ou Burich). Posteriormente foi muito mal traduzido como Oznei (“orelhas” de) Haman, o que já causou muitos mal-entendidos relativos a este singelo costume judaico.

PESSACH
A pizza foi elaborada pela primeira vez no período após a destruição do Segundo Templo, quando os habitantes de Roma viram , surpresos, a matsá shmurá redonda feita a mão, na casa dos judeus capturados e exilados pelos Romanos. Para melhorar o seu gosto, resolveram assá-la com azeite e queijo, e assim tudo acabou em pizza?
Yam Suf (mal traduzido como Mar Vermelho) foi dividido e aberto por D’us (através de Moshe e do auto-sacrifício de Nachshon Ben Aminadav) no 7º dia de Pessach. Consta nos salmos que Dus abriu o mar em várias partes. isto é, em 12 partes - um "corredor" especial para cada tribo ?
Além de o mar abrir-se em doze corredores, eles estavam em semicírculos?
Com certeza absoluta os judeus (israelitas) não fizeram as pirâmides do Egito? As pirâmides são de pedra e os judeus foram escravizados por mais de dois séculos fazendo quotas fixas de tijolos de barro com palha?
Os egípcios idolatravam o carneiro por serem exímios astrônomos? Eles idolatravam o Rio Nilo como deus da fartura. Como as cheias do Nilo ocorrem sempre em abril (Nissan), eles associaram esta ideia (deus da fartura) ao signo do mês, áries (carneiro)?

LAG BAOMER
O dia 18 de Iyar cai em Lag Baomer?
O Rabi Shimon Bar Yochai recebeu seu título de Rav em Lag Baomer?
Lag Baomer tem o valor numérico da palavra Moshe, mostrando que o Rabi Shimon Bar Yochai chegou ao nível de Moshe quando recebeu as Tábuas da Lei?
O cabalista Ari Zal foi com seu filho de três anos de idade ao túmulo de Rabi Shimon Bar Yochai em Meron, onde, em Lag Baomer fez o primeiro corte de cabelo de seu filho, iniciando-o, assim, na educação judaica?
O grande Rabino Moshe Isserles (Ramo) faleceu em Lag Baomer?
De acordo com uma opinião dos nossos sábios, o maná começou a cair no deserto (para alimentar o povo israelita) a partir do primeiro Lag Baomer após a saída do Egito (a outra opinião é de que começou a cair a partir de Pessach Sheni, 14 de Iyar)?
TEMPLO SAGRADO
No Beit Hamicdash ocorriam diariamente dez milagres e qualquer um que lá entrasse poderia presenciá-los!

No ano em que Alexandre, o Grande, poupou o Beit Hamicdash da destruição, todos os meninos nascidos nas famílias dos sacerdotes receberam o nome de Alexandre, em homenagem ao ilustre conquistador!
Em qualquer oferenda do Beit Hamicdash deveria ser colocado sal, pois por não ser perecível, representa a relação infinita entre D’us e Israel. Por isto, nós “mergulhamos” nosso pão no sal a cada refeição!
Na época das festas, quando o povo vinha ao Beit Hamicdash, havia espaço suficiente para todos, até mesmo ao se prostrarem!
As Tábuas da Lei, (Dez Mandamentos) estavam guardadas no Aron Hakodesh (Arca Sagrada), onde permaneceram também as primeiras tábuas, que haviam sido quebradas, e o primeiro rolo da Torá, escrito por Moshe Rabeinu!
Tisha Beav (9 de Av), data da destruição dos dois Templos, havia sido o dia em que os espiões de Moshe retornaram trazendo más notícias sobre a Terra Prometida. A rebelião que se seguiu foi a primeira de muitas tragédias que marcaram esta data através de gerações.
A chama central da Menorá permanecia sempre acesa, milagrosamente, e ardia ereta enquanto as outras seis inclinavam-se em sua direção!
A Guarda de Honra do Templo [pois é D’us quem protege-o] era feita por um revezamento de Leviim e Cohanim em locais específicos e por turnos!
Quando Titus destruiu o Segundo Templo, levou consigo utensílios do Beit Hamicdash. O Arco do Triunfo erguido em sua homenagem, em Roma, apresenta gravuras sobre eles. Acredita-se que alguns destes utensílios estão em seu interior!
Ao construir o Primeiro Beit Hamicdash, o Rei Shlomo contratou 80.000 trabalhadores e 3.000 inspetores!
O Rei Shlomo havia previsto profeticamente a destruição do Templo e por isto construiu um esconderijo subterrâneo para guardar a Arca Sagrada!
Que o Templo de Jerusalém é um símbolo de paz e de vida? E que por isso o ferro, que representa a morte e a guerra, não poderia ser utilizado na construção do Beit Hamicdash e nem fazer parte do altar [Mizbeach]?
Que em cada um dos quatro cantos do Pátio das Mulheres havia um salão sem teto? E que um deles era um armazém de óleos e vinhos, o outro salão continha um micvê (Banho ritual) para purificação, em um deles a madeira era verificada por um Cohen e que no último os Nezirim (abstinentes) cortavam os seus cabelos?
Que só os Cohanim podiam sacrificar os Corbanot (oferendas) sobre o altar [Mizbeach]? Que a sua altura era de 5 metros e que por isto havia uma rampa que os levava ao topo? E que ela media 8 metros na largura e 16 metros no comprimento?
Que “Veio Ariel e destruiu Ariel no mês de Ariel porém em breve virá Ariel para reconstruir Ariel?” [Foi destruído o Templo (chamado Ariel) no mês de Av (chamado Ariel), pelo rei babilônico Nabucodonosor (chamado Ariel) e em breve será reconstruído por D’us, que também é chamado de Ariel?]
Que o incenso oferecido no altar [Mizbeach] de ouro cheirava tão bem que podia ser sentido até por alguém na cidade de Yericó?
Que era possível avistar a menorá e sua luz, mesmo estando fora da área do Beit Hamicdash, graças à altura do Santuário e ao tamanho de sua porta?
Que a arca sagrada era de madeira e ouro e sua tampa em ouro apresentava duas formas de anjos? Que estes, por milagre, olhavam-se quando o povo seguia a vontade de D’us, mas quando não obedecia a vontade divina, eles voltavam seu rosto para a parede?
Beit Lubavitch Research Center



Blog Judaico 
Receba nossa newsletter
Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.


0 Comentários "Coisas Judaicas para você saber"

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não do Blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.Não publicamos comentários anônimos. Coloque teu URL que divulgamos

Amazon 1

Obama

Amazon 3

Adnow

loading...

Adnow

loading...