16/06/2020

Cerca de 50.000 judeus devem emigrar para Israel em 2020

Cerca de 50.000 judeus devem emigrar para Israel em 2020     O diretor-geral da Agência Judaica, Josh Schwartz, revelou que Israel espera receber este ano até 50.000 novos imigrantes vindos de várias partes do mundo – o que representa quase o dobro da média dos últimos anos.
Em 2018, aproximadamente 28.000 pessoas emigraram para Israel, mas Schwartz disse que a pandemia de Covid-19 afetou algumas comunidades judaicas no exterior e isso pode levar a um grande aumento na aliá.
Nefesh B’Nefesh, que organiza aliá para americanos, disse que houve um aumento maciço no número de pessoas que se candidataram a fazer aliá desde que a pandemia de coronavírus chegou aos EUA, enquanto a organização Qualita que ajuda imigrantes franceses em Israel disse que também observou um interesse generalizado pela aliá nos últimos meses.
Bitan disse que o país precisa se preparar para essa imigração em larga escala por causa da pandemia e do aumento do antissemitismo, e destacou que vai se empenhar para corrigir erros e discrepâncias do passado para incentivar a aliá e absorver os novos imigrantes.
“Adiantaremos orçamentos para essas questões importantes”, continuou ele, acrescentando que também era importante ajudar pequenas comunidades judaicas no exterior que possam estar com dificuldades no momento.



Blog Judaico 
Receba nossa newsletter
Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.



Compartilhe

Author:

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico.

0 comentários: