6.6.20

Árabes protestam na Judeia e Samaria contra a soberania de Israel

Árabes palestinos protestam em Hebron contra a soberania
Árabes protestam na Judeia e Samaria
     Os árabes palestinos agitam bandeiras da OLP e cantam slogans anti-Israel enquanto protestam contra o plano de soberania.

Árabes palestinos na sexta-feira reuniram-se na Judeia e Samaria para protestar contra os planos de Israel de aplicar soberania sobre a Judéia e a Samaria.

Em Tulkarem, dezenas de manifestantes agitaram bandeiras da OLP e entoaram slogans contra as comunidades israelenses na Judeia e Samaria e os planos, que poderiam avançar logo no próximo mês, informou a AFP .

Segundo o relatório, as tropas israelenses dispararam granadas e gás lacrimogêneo na tentativa de perturbar os manifestantes.

"Esta marcha mostra nossa rejeição a qualquer plano de acordo ou anexação", disse Iyad Jarada, secretário do partido Fatah, presidente da Autoridade Palestina (PA), Mahmoud Abbas, na cidade.

"Esta é a nossa terra e a defenderemos com todo o nosso poder e energia", enfatizou.
Perto de Tubas, um manifestante foi ferido na cabeça por uma bala de borracha disparada pelas forças israelenses, disse o Crescente Vermelho Palestino.
Outros protestos estavam ocorrendo em Ramallah, Shechem (Nablus), Jericó e no vale do Jordão.
Centenas de pessoas se reuniram em Hebron, cantando contra a "ocupação" de Israel, bem como slogans antiamericanos, segundo a AFP .

Os protestos de sexta-feira coincidiram com o aniversário do que os palestinos chamam de Dia Naksa, a derrota dos países árabes por Israel na Guerra dos Seis Dias, em junho de 1967.

A AP está indignada com o acordo de coalizão entre o primeiro-ministro Binyamin Netanyahu e o ministro da Defesa Benny Gantz, que estipula que o governo poderá aplicar soberania sobre a Judéia e a Samaria em julho.

Em resposta à mudança, o presidente da AP Mahmoud Abbas anunciou recentemente que a AP não estava mais vinculada aos acordos que assinou com Israel e os EUA, incluindo a coordenação de segurança com Israel.

As autoridades árabes palestinas vêm pressionando os países a reconhecerem oficialmente a "Palestina", em um movimento destinado a contornar as negociações de paz diretas com Israel. Essas ligações aumentaram desde que os planos de soberania foram anunciados.



Blog Judaico 
Receba nossa newsletter
Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.



SHARE THIS

Author:

O Coisas Judaicas cobre uma das partes mais complicadas e controversas do mundo, o Estado de Israel. Determinado a manter os leitores totalmente informados e capacitá-los a formar e desenvolver suas próprias opiniões, o Blog existe de 2005 e sempre procuramos dar a nossos leitores noticias e opiniões avalizadas. Sobre Israel, a região e o mundo judaico.

0 coment rios: