Atualizando

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Lenovo BR

Gantz deixa presidência do Parlamento de Israel

Gantz deixa presidência do Parlamento de Israel     Benny Gantz renunciou ao cargo de presidente do Parlamento de Israel, conforme previsto no acordo de coalizão fechado com o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, informou o próprio Gantz em uma carta enviada aos deputados.
"De acordo com as regras do Knesset [Parlamento de Israel], anuncio a vocês que estou renunciando ao cargo de Presidente do Parlamento", escreveu Gantz.
Netanyahu e seu ex-rival político, Gantz, chegaram a um acordo para formar um governo de coalizão com o qual selaram o fim da mais longa crise política na história de Israel.
Os dois se enfrentaram três vezes nas urnas em menos de um ano.
À frente do partido "Azul e Branco", Gantz concordou, no final de março, para surpresa geral, de abandonar o confronto e chegar a um acordo com Netanyahu, apesar de ser acusado de corrupção, abuso de confiança e peculato em vários casos.
No final de março, Benny Gantz foi eleito Presidente do Parlamento e foi acordado, conforme o pacto com Netanyahu, que renunciaria antes de ser empossado pelo novo governo na quarta-feira.
Espera-se que o novo executivo seja formado pela direita de Netanyahu, seus aliados ultra-ortodoxos e personalidades de centro-esquerda próximas a Gantz.
O ex-presidente do Parlamento, Yuli Edelstein, foi nomeado ministro da Saúde por Netanyahu na noite de terça-feira, um importante portfólio de notável orçamento, devido à pandemia de coronavírus.



Blog Judaico 
Receba nossa newsletter
Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.



Postar um comentário

0 Comentários