03/04/2020

Criança ultraortodoxa tosse em policial e o chama de nazista durante protesto em Israel

     Israel vive um momento complicado durante a crise do coronavírus: grupos ultraortodoxos são contrários às medidas de isolamento social e quarentena.
São pessoas com pouco acesso à informação, por não usarem internet e muitos não terem televisão, e cuja preocupação é poder rezar e estudar o antigo testamento.
Durante um protesto de ultraortodoxos, um menino tossiu em direção a policiais e os chamou de nazistas. As imagens foram gravas pelo repórter israelense Yossi Eli, do canal local Channel 13. O caso ocorreu na cidade de Beit Shemesh, próxima a Jerusalém, onde a maioria dos moradores é ortodoxo.
O país já tem mais de 6 mil casos confirmados do coronavírus. Bnei Brak, no subúrbio de Tel Aviv, tem quase mil infectados. É mais uma cidade majoritariamente ultraortodoxa.




Blog Judaico 
Receba nossa newsletter
Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.





Compartilhe

Author:

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico.

0 comentários: