Atualizando

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

CIA diz que hidroxicloroquina pode causar morte cardíaca súbita

 CIA diz que hidroxicloroquina pode causar morte cardíaca súbita

Em comunicado interno, agência de inteligência dos EUA desaconselhou seus funcionários a se medicarem com a substância.
A Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos (CIA) desaconselhou seus funcionários a tomarem hidroxicloroquina, remédio defendido pelo presidente estadunidense Donald Trump como uma opção para tratar o novo coronavírus (Sars-Cov-2).

“Existem efeitos colaterais potencialmente significativos, incluindo morte cardíaca súbita, associada à hidroxicloroquina ”, afirmou um aviso da CIA em um site privado apenas para funcionários. A mensagem foi publicada no dia 27 de março, mas foi divulgada ao público nesta terça-feira pelo jornal dos estadunidense Washington Post.

O presidente Jair Bolsonaro também defende o uso de um remédio similar à hidroxicloroquina, a cloroquina, que tem a mesma substância como base, apesar de ter uma formulação diferente. Os efeitos colaterais da hidroxicloroquina, no entanto, são considerados mais sutis que o da cloroquina, que tem sido estudada no Brasil para combater o novo coronavírus .

“Neste momento, o remédio não é recomendada para ser utilizada em pacientes, com exceção de prescrições de profissionais médicos que o receitam como parte de uma pesquisa em andamento”, comunicou a CIA .

“O uso individual em pacientes precisa ser cuidadosamente selecionado e monitorado por um profissional de saúde", afirmou a agência de inteligência sobre o uso da hidroxicloroquina . A agência ainda destacou, deixando em negrito a mensagem “Por favor, não obtenha este medicamento por conta própria”.



Blog Judaico 
Receba nossa newsletter
Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.




Postar um comentário

0 Comentários