17 de mar. de 2020

Ex-ministra da Justiça diz que Knesset deve supervisionar programa de vigilância

Ex-ministra da Justiça diz que Knesset deve supervisionar programa de vigilância     A ex-ministra da Justiça Ayelet Shaked se opõe à decisão do governo de permitir que os serviços de segurança realizem vigilância em massa sobre os israelenses, em uma tentativa de impedir a disseminação do coronavírus, dizendo que o Knesset deve desempenhar um papel na supervisão de uma medida tão controversa.
"Os regulamentos que foram implementados ontem são extensos e exigem uma supervisão rigorosa por uma sessão aberta ao público do Comitê de Relações Exteriores e Defesa do Knesset", disse Shaked em comunicado.
“A transparência do governo e a confiança e o apoio do público durante esse processo são cruciais [em geral], e são especialmente críticos no momento. Apesar da crise, é importante reter freios e contrapesos para impedir que coisas ruins aconteçam ”, ela escreveu.



Blog Judaico 
Receba nossa newsletter
Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.





SHARE THIS

Author:

O Coisas Judaicas cobre uma das partes mais complicadas e controversas do mundo, o Estado de Israel. Determinado a manter os leitores totalmente informados e capacitá-los a formar e desenvolver suas próprias opiniões, o Blog existe de 2005 e sempre procuramos dar a nossos leitores noticias e opiniões avalizadas. Sobre Israel, a região e o mundo judaico.

0 comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não do Blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.Não publicamos comentários anônimos. Coloque teu URL que divulgamos