08/03/2020

Bibi quer adiar julgamento por corrupção

Bibi quer adiar julgamento por corrupção
Primeiro Ministro Benjamin Netanyahu
( Foto: TPS )
     O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu,  
 no domingo, solicitou um atraso nos procedimentos contra ele, que deve começar em 17 de março no Tribunal Distrital de Jerusalém. 
 O primeiro-ministro que está enfrentando acusações criminais de suborno, fraude e quebra de confiança apresentou seu pedido através de seu advogado Amit Hadad.
Hadad avistou razões técnicas para a solicitação, alegando material comprobatório solicitado pela equipe de defesa meses atrás, ainda não lhes foi entregue.
O início do julgamento de Netanyahu será semelhante a um pré-julgamento no qual os dois lados tentarão colocar nos documentos de registro e evidências que sejam mutuamente acordadas.
Também é esperado que a lista de 333 testemunhas mencionadas na acusação seja substancialmente reduzida.  Netanyahu descreveu sua acusação como uma tentativa de golpe do judiciário, chamando a investigação de "contaminada e motivada politicamente", lançando uma crítica ao procurador-geral Avichai Mandelblitt e à promotoria.
Bibi quer adiar julgamento por corrupção
Procurador-Geral Avichai Mandelblit
( Foto: Dana Kopel )
"O público perdeu a fé no judiciário", disse Netanyahu na semana passada, alegando que não tem intenção de pedir pechincha ou perdão e está determinado a provar sua inocência no tribunal.
O primeiro-ministro foi indiciado por corrupção em novembro passado.






Blog Judaico 
Receba nossa newsletter
Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.





Compartilhe

Author:

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico.

0 comentários: