Para garantir o futuro judaico - precisamos garantir o estado judaico'

     O primeiro-ministro Binyamin Netanyahu se dirigiu a líderes judeus de todo o mundo que compareceram ao Conselho de Governadores da Agência Judaica.

Netanyahu: 'Pretendo aprovar um orçamento para proteger as comunidades judaicas do flagelo violento do anti-semitismo.'





Em suas observações, o primeiro-ministro discutiu a crescente ameaça do anti-semitismo e disse que, na qualidade de ministro de assuntos da diáspora, esse ministério transferirá o orçamento para uso na proteção das comunidades judaicas em todo o mundo. O primeiro-ministro Netanyahu disse: “Se queremos garantir o futuro judaico, devemos garantir o futuro do Estado judeu. O Estado judeu é responsável pelas comunidades judaicas em todo o mundo. Pretendo aprovar o orçamento do (Ministério dos Assuntos da Diáspora) para proteger a comunidade judaica do flagelo violento do anti-semitismo. ”

O primeiro-ministro também abordou a ameaça iraniana, dizendo: “Estamos diante de um império do mal. Chama-se Irã. O Irã procura destruir Israel. Ele trabalha para isso incessantemente. Para afastar esse perigo, precisamos fazer duas coisas. Primeiro, devemos nos unir. Porque diante do perigo nos unimos. Isso não é rotação. Isso é real, à medida que o equilíbrio de poder no Oriente Médio muda. Nós devemos ser fortes. E para sermos fortes, temos que estar unidos como povo. Unidos em espírito. Unidos em nossa busca por garantir o futuro do Estado judeu, do povo judeu. "

Com relação ao atual estado de coisas em Israel, o Primeiro Ministro disse: “Não há razão para que não possamos ter um amplo governo de unidade nacional dentro de 24 horas ... É disso que o Estado de Israel precisa, do que o Povo Judeu precisa e o que todos nós precisamos hoje. ”

Amanhã (terça-feira) à tarde, a Assembléia de Governadores ouvirá o líder do Azul e Branco, MK Benny Gantz.



Blog Judaico 
Receba nossa newsletter
Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.




Postar um comentário

0 Comentários