Netanyahu acusa Irã de querer atacar Israel a partir do Iêmen

   
Netanyahu acusa Irã de querer atacar Israel a partir do Iêmen
 O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, acusou na segunda-feira (28) o Irã de querer atacar Israel com mísseis de precisão a partir do Iêmen e pediu ao governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para pressionar ainda mais Teerã.
Depois de se encontrar com o secretário de Tesouro americano, Steven Mnuchin, em Jerusalém, Netanyahu felicitou Trump novamente pela morte do líder do Estado Islâmico, Abu Bakr al Bagdadi, em uma operação americana enquanto pedia "muito mais" sanções contra o Irã.
"O Irã agora está tentando desenvolver armas guiadas com precisão, mísseis que podem alcançar qualquer alvo no Oriente Médio com uma precisão de cinco a 10 metros", afirmou.
"Eles já começaram a colocá-los no Iêmen, com o objetivo de a partir de lá atingir Israel", acrescentou.
Mnuchin, em passeio pelo Oriente Médio e pela Índia, disse que o governo de seu país compartilha da opinião de que o Irã representa "uma ameaça à região e ao mundo" e falou em continuar com uma "campanha de pressão máxima" dos Estados Unidos através de sanções.



Blog Judaico 
Receba nossa newsletter
Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.




Postar um comentário

0 Comentários