Missão empresarial catarinense conhece tecnologias em Israel

   
Missão empresarial catarinense  conhece tecnologias em Israel
Fiesc em Israel
 
Em missão à Israel, industriais catarinenses conheceram diversas entidades, em Tel Aviv, que são referência em alta tecnologia, como o Instituto Volcani, principal instituição do país em pesquisa agrícola, e o Instituto Weizmann, que se destaca mundialmente na pesquisa básica em ciências naturais e exatas.


O presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), Mario Cezar de Aguiar, lidera a comitiva, que também é integrada pelo diretor de inovação, José Eduardo Fiates, pelo diretor regional do Senai/SC, Fabrizio Machado Pereira, além de industriais, representantes do Sebrae, Acate, Fapesc e governo catarinense. Aguiar destaca que há perspectiva de firmar convênio com o Instituto Weizmann para o ensino de matemática e física aos alunos do Sesi.

Imagem relacionada- Vislumbramos a possibilidade de utilizar o conhecimento e a tecnologia deles no ensino destas disciplinas para melhorar o aprendizado dos nossos alunos. Em Santa Catarina, Sesi e Senai vão ampliar, em 2020, a oferta de ensino focada na abordagem STEAM, sigla em inglês para ciência, tecnologia, engenharia, arte e matemática. A abordagem tem como foco desenvolver os estudantes para carreiras mais tecnológicas.

O presidente da Fiesc diz que um dos objetivos é incentivar algumas empresas, principalmente as familiares, a conhecerem essa cultura, completou. Neste final de semana, a agenda da comitiva se iniciou no sábado, com palestra do fundador da Israel Connection, Roni Kaplan. A instituição promove a aproximação entre Israel e a América Latina. No domingo, o grupo também conheceu o Centro Peres para Paz e Inovação, onde percorreu as principais inovações israelenses do passado, presente e como deve ser o futuro.
Os catarinenses também estiveram na Associação das Indústrias Israelenses (MAI), entidade que representa 90% das indústrias do país. No encontro, o diretor-geral de comércio internacional da instituição, Dan Catarivas, destacou como a MAI está inserida no ecossistema de inovação israelense para auxiliar empresas tradicionais a se tornarem mais tecnológicas e ampliar a competitividade.

Dan também explicou como os israelenses fazem negócios e os desafios enfrentados pelo país na área. A delegação também conheceu o IDB, um dos maiores grupos empresariais de Israel, que também atua no Brasil, Argentina e Chile, no agronegócio, hotéis e imobiliário. Ainda no IDB, os empresários catarinenses conheceram a empresa Elron, braço de inovação do grupo.



Blog Judaico 
Receba nossa newsletter
Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.




Postar um comentário

0 Comentários