Israel legaliza colônia na Cisjordânia a dois dias das eleições

     
Israel legaliza colônia na Cisjordânia a dois dias das eleições
O governo de Israel autorizou, neste domingo (15), a legalização de uma colônia na Cisjordânia, dois dias antes das eleições legislativas, cruciais para o futuro político do premiê Benjamim Netanyahu. Israel decidiu "transformar a colônia selvagem de Mevoot Yericho, situada no Vale do Jordão, em uma oficial", segundo informou o gabinete do primeiro-ministro. 

 O premiê prometeu na semana passada que, se ganhasse, anexaria imediatamente todas as colônias do vale do Jordão, território estratégico que representa aproximadamente 30% da Cisjordânia e onde vivem cerca de 8.000 israelenses. 

 O anúncio foi duramente criticado por autoridades palestinas, que consideram a concretização da promessa como a morte do processo de paz na região. Também houve críticas da classe política israelense, que é a favor da anexação, mas considera que o movimento foi feito com fins eleitorais. Netanyahu fez promessa parecida às vésperas da última eleição legislativa, em abril. A formação de governo após o último pleito se revelou um fracasso para o premiê, que se viu obrigado a convocar novas eleições para dali a poucos meses.



Blog Judaico 
Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico
Receba nossa newsletter
Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.





Postar um comentário

0 Comentários