Israel envia bombeiros para ajudar o Brasil no combate aos incêndios na Amazônia

Israel envia bombeiros para ajudar o Brasil no combate aos incêndios na Amazônia
 Israel enviou ao Brasil nesta quarta-feira, 4/9, uma delegação de especialistas em extinção de incêndios para ajudar no combate às intensas chamas que a Amazônia vem enfrentando nas últimas semanas.

Após uma conversa entre o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu e o presidente brasileiro Jair Bolsonaro, o Ministério das Relações Exteriores, o Conselho de Segurança Nacional e o Ministério da Segurança Pública de Israel enviaram assistência imediata ao Brasil para combater os incêndios devastadores no país.

Mais de 75 mil focos de incêndios foram detectados em todo o Brasil desde o início do ano, um aumento de 83% em relação ao mesmo período do ano passado. Muitos deles ocorreram na floresta amazônica.

Os 11 bombeiros a caminho do Brasil são especialistas em incêndios florestais e de mata. Eles fornecerão assistência e conhecimento profissional às autoridades e forças brasileiras de combate ao incêndio.

A embaixada de Israel e o adido militar das Forças de Defesa de Israel em Brasília estão trabalhando em conjunto com as autoridades brasileiras.

É a segunda vez este ano que Israel presta auxílio ao Brasil. Uma delegação de ajuda de emergência israelense voou para o país em janeiro para ajudar nos esforços para procurar e resgatar vítimas do rompimento na barragem de Brumadinho/MG, que liberou uma inundação de lama, soterrando pessoas e edifícios.

A equipe israelense consistia em 130 soldados, médicos e a unidade especial de busca e salvamento dos bombeiros israelenses.

Operando 24 horas por dia, as equipes israelenses trabalharam para localizar sobreviventes e recuperar os corpos das vítimas.

Em um comunicado, o Ministério das Relações Exteriores de Israel salientou que, no ano passado, "as relações de Israel com o Brasil foram muito fortalecidas" após a visita de Netanyahu ao Brasil em dezembro de 2018 e a visita de Bolsonaro a Israel em abril de 2019.

Os dois países mantêm estreita cooperação política e estratégica em várias áreas, e muitos acordos foram assinados nos setores da agricultura, ciência, saúde, cibernética e muito mais. Esses acordos contribuem para as exportações de Israel para o maior país da América Latina”, afirmou o ministério.


Texto: Aryeh Savir / TPS
Imagem: Kobi Richter/TPS
Tradução: Alessandra Franco


Blog Judaico 
Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico
Fan Page Coisas Judaicas



Postar um comentário

0 Comentários