Guemilut Chassadim

     
Guemilut Chassadim
Nossos sábios notam que o começo, o meio e o fim da Torá trata de Guemilut  que é a pedra fundamental e o pilar do universo. 

Sem justiça social, moralidade, retidão e compaixão não haverá sociedade e a humanidade não poderá existir.
O estudo da Torá só é significativo quando conduz a uma verdadeira observância das mitsvot. Embora em seu sentido mais amplo Guemilut Chassadim inclua todo tipo de atendimento que uma pessoa presta a outra, ele se refere mais especificamente as seguintes obrigações individuais e seus derivados:
a) Conceder empréstimos sem cobrar juros em relação a dinheiro e objetos
b) Oferecer hospitalidade
c) Visitar e confortar os doentes
d) Providenciar vestimentas para quem necessita delas
e) Ajudar e alegrar a noiva e noivo
f) Cuidar dos mortos
g) Consolar os enlutados
h) Reconciliar os que estão em discórdia.

Da mesma forma que D’us é bondoso e misericordioso devemos seguir Seu exemplo, imitá-lo, agindo com preocupação e bondade para com nossos semelhantes. Conforme constam nas escrituras sagradas: “Como D’us veste os nus… como D’us visita os doentes… como D’us conforta os enlutados… como D’us cuida dos mortos… como D’us cuida das noivas e dos noivos…”, e assim por diante. É baseado no princípio da Torá que orienta nossas vidas: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo” (Vayicrá 19:18)
Existem assim dois aspectos de Guemilut Chassadim: a mitsvá do ato em si, expressando-se na oferta de ajuda a outros que estejam necessitados e a mitsvá para a obtenção do efeito, expressando-se na sublimação de si mesmo pela ação.
Num sentido geral esses dois aspectos se aplicam a todas as mitsvot, pois todas elas efetuam um refinamento e uma elevação espiritual da pessoa que pratica uma mitsvá. Da mesma forma, inversamente, as transgressões das mitsvot efetuam um aviltamento espiritual e embotamento da alma. Essa característica reflexiva das mitsvot é especialmente notada com referência à tsedacá, conforme foi dito: “O homem pobre faz mais pelo seu benfeitor do que esse último faz por ele.”
Guemilut Chassadim estabelece nossos traços de compaixão ilimitada e de pura e absoluta bondade; não visamos recompensa nem admiração, simplesmente cumprimos a vontade Divina imitando Seu exemplo.



Blog Judaico 
Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico
Receba nossa newsletter
Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.





Postar um comentário

0 Comentários