Trio de mulheres israelenses criam plataforma de criptomoedas

     
     
Plataforma criada por trio de mulheres promove adoção de criptomoedas em Israel
Agada Nameri, Shelly Hod Moyal e Mor Assia

Uma ex-advogada, uma engenheira de software e uma veterana de Wall Street entram em um bar. No momento em que elas saem, todos os clientes do local estão entusiasmados com o Bitcoin.
Pode parecer uma simples anedota, mas é assim que as três fundadoras da plataforma de investimentos iAngels estão promovendo a adoção das criptomoedas em Israel, conforme mostra a matéria divulgada pela Coindesk nesta semana.
Criada pelas socias Agada Nameri, Shelly Hod Moyal e Mor Assia, a iAngels investe em startups de blockchain para garantir investimentos e para educar os investidores de mercados tradicionais sobre as nuances do mercado de criptoativos.
“Estamos construindo o ecossistema de criptoativos junto com eles”, disse Assia sobre o portfólio de startups de sua empresa, que inclui uma participação acionária da fabricante de hardware de mineração Bitmain e participações em vários tokens, de Tezos até o token do Telegram.
“Ter formação em engenharia é muito útil quando se conversa com empreendedores, especialmente quando se mergulha profundamente em tecnologias específicas.”
Além disso, de acordo com a equipe, o fundo subsidiário da iAngels, 21M Capital, possui mais de US$60 milhões em ativos sob gestão – o Bitcoin representa 20% do portfólio. Agada Nameri, cofundadora e ex-advogada, disse que o fundo forneceu 40% de retorno este ano a investidores que estavam céticos em relação à posse de criptotivos diretamente.
“A maioria dos nossos investidores é mais tradicional”, disse Nameri. “Somos capazes de fornecer gerenciamento de portfólio neste setor. Fazemos a ponte entre o mundo antigo e essa nova indústria.”
A terceira cofundadora Shelly Hod Moyal acrescentou:
“Eu definitivamente me vejo como uma bitcoiner. Gerenciamos fundos para milhares de investidores de 50 países. Temos sido muito ativos em educação. Eu tive conversas em casas de idosos explicando a eles o que é Bitcoin e o que é blockchain.”
Independentemente de como elas se vêem, o trio da iAngels não corresponde à maneira como a maioria das pessoas espera que os “bitcoiners” agiriam. Elas não são maximalistas do Bitcoin – ao contrário, participaram de ofertas iniciais de moedas de startups como Orbs e Bancor. No entanto, além de ser uma empresa de investimento liderada por mulheres, algo ainda rado no mercado de criptoativos, mas que está evoluindo, essas mulheres reconhecem que há uma deliciosa ironia na participação neste mercado.
Em particular, Assia, que também é esposa do fundador da Toro Yoni Assia, é nora do membro do conselho do First International Bank of Israel David Assia. Mesmo como parte de uma das famílias mais poderosas do setor bancário do país, Assia está educando seus quatro filhos a valorizar mais a tecnologia descentralizada do que as instituições financeiras tradicionais.
“É assim que eles viverão suas vidas”, disse ela. “Eles não dependerão dos bancos tradicionais.”
Fonte original:https://www.criptofacil.com/plataforma-criada-por-trio-de-mulheres-promove-adocao-de-criptomoedas-em-israel/

Blog Judaico 
Receba nossa newsletter
Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.









Blog Judaico 
Receba nossa newsletter
Comece o dia com as notícias selecionadas  Clique e assine.





Postar um comentário

0 Comentários