Israel testa no Alasca sistema capaz de derrubar mísseis


Sistema de defesa antimíssil de próxima geração Arrow-3 foi desenvolvido conjuntamente por Israel e pelos EUA. O sistema se destina a interceptar mísseis balísticos fora da atmosfera.
Israel realizou com sucesso no domingo (28) vários testes do seu sistema antimíssil Arrow-3 perto da Agência de Defesa contra Mísseis no Alasca, informa o Ministério da Defesa de Israel. O comunicado diz que "os testes foram realizados no Alasca para verificar capacidades que não podem ser verificadas no território de Israel”.
The Israel Missile Defense Organization and the U.S. Missile Defense Agency completed a successful test campaign of the Arrow 3 weapon system in Alaska. The system successfully intercepted exo-atmospheric ballistic missile targets pic.twitter.com/FQvn2Oqqoc
— Ministry of Defense (@Israel_MOD) July 28, 2019
A Organização de Defesa Antimíssil de Israel e a Agência de Defesa contra Mísseis dos EUA completaram uma campanha de testes bem-sucedidos do sistema de armas Arrow 3 no Alasca. O sistema interceptou com sucesso os mísseis balísticos alvo fora da atmosfera

O primeiro-ministro de Israel Benjamin Netanyahu saudou os testes, sublinhando que Israel demonstrou sua capacidade de se opor aos mísseis balísticos lançados "do Irã ou de qualquer outro lugar". "O Arrow 3 interceptou com sucesso os mísseis balísticos a uma altura e velocidade que nunca foram vistas antes. A realização foi perfeita", disse ele.

A Força Aérea de Israel tinha testado com sucesso o sistema em janeiro, no centro de Israel. O país ia realizar os testes conjuntos EUA-Israel no Alasca em maio de 2018, mas a operação foi cancelada por causa de dificuldades técnicas.

O último teste ocorreu depois de o Irã ter anunciado a realização de testes de um míssil balístico de médio alcance na quarta-feira (24). Segundo o governo de Israel, o míssil do Irã Shahab-3 pode portar uma ogiva nuclear.

O Arrow-3 é feito por Israel com a Boeing e foi implantado pela primeira vez em Israel em 2017.

O sistema foi criado para destruir mísseis no espaço. Os primeiros testes de intercepção com este sistema têm sido realizados sobre o mar Mediterrâneo em 2015.Sistema de defesa antimíssil de próxima geração Arrow-3 foi desenvolvido conjuntamente por Israel e pelos EUA. O sistema se destina a interceptar mísseis balísticos fora da atmosfera.
Israel realizou com sucesso no domingo (28) vários testes do seu sistema antimíssil Arrow-3 perto da Agência de Defesa contra Mísseis no Alasca, informa o Ministério da Defesa de Israel. O comunicado diz que "os testes foram realizados no Alasca para verificar capacidades que não podem ser verificadas no território de Israel”.
A Organização de Defesa Antimíssil de Israel e a Agência de Defesa contra Mísseis dos EUA completaram uma campanha de testes bem-sucedidos do sistema de armas Arrow 3 no Alasca. O sistema interceptou com sucesso os mísseis balísticos alvo fora da atmosfera
O primeiro-ministro de Israel Benjamin Netanyahu saudou os testes, sublinhando que Israel demonstrou sua capacidade de se opor aos mísseis balísticos lançados "do Irã ou de qualquer outro lugar". "O Arrow 3 interceptou com sucesso os mísseis balísticos a uma altura e velocidade que nunca foram vistas antes. A realização foi perfeita", disse ele.
A Força Aérea de Israel tinha testado com sucesso o sistema em janeiro, no centro de Israel. O país ia realizar os testes conjuntos EUA-Israel no Alasca em maio de 2018, mas a operação foi cancelada por causa de dificuldades técnicas.
O último teste ocorreu depois de o Irã ter anunciado a realização de testes de um míssil balístico de médio alcance na quarta-feira (24). Segundo o governo de Israel, o míssil do Irã Shahab-3 pode portar uma ogiva nuclear.
O Arrow-3 é feito por Israel com a Boeing e foi implantado pela primeira vez em Israel em 2017.
O sistema foi criado para destruir mísseis no espaço. Os primeiros testes de intercepção com este sistema têm sido realizados sobre o mar Mediterrâneo em 2015.


Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Postar um comentário

0 Comentários