Abbas ameaça pôr fim a todos os acordos com Israel

Abbas ameaça pôr fim a todos os acordos com Israel O presidente da Palestina, Mahmoud Abbas, ameaçou encerrar todos os acordos com Israel, incluindo os de segurança, depois da demolição nesta semana de imóveis palestinos em uma zona sob jurisdição da Autoridade Nacional Palestina (ANP), segundo informou nesta sexta-feira, 26, a agência de notícias Wafa. 

 “Não sucumbiremos aos ditames e à imposição de um fato consumado em terreno com força bruta, especificamente em Jerusalém”, afirmou Abbas durante uma reunião de emergência realizada na noite de quinta-feira 25. “Tudo o que o Estado de ocupação (israelense) está fazendo é ilegal e nulo”, acrescentou diante das autoridades palestinas na cidade de Ramala. 

 Os acordos assinados nos últimos 25 anos entre palestinos e israelenses cobrem muitos pontos, incluindo cooperação para a segurança. O governo do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu ainda não comentou as declarações. Esta não é a primeira vez que a liderança palestina aprova o fim dos acordos com Israel. 

A última foi em outubro de 2018, quando o Conselho Central da Organização para a Libertação da Palestina (OLP) anunciou o fim da cooperação de segurança e suas relações econômicas com o governo israelense, medidas que até agora não foram aplicadas. Naquela reunião, também se falou sobre a “contínua negação de Israel de cumprir os acordos assinados e as obrigações subsequentes”, em referência aos Acordos de Oslo (1993-1995). 

 Desta vez, a ameaça tem relação com as demolições de dez prédios palestinos por Israel nas chamadas zonas A e B da Cisjordânia, que estão sob controle total e parcial palestino, segundo os Acordos de Oslo.



Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Postar um comentário

0 Comentários