18/06/2019

Israel bloqueia acesso a 1.700 'sites' de caráter pedófilo

Israel bloqueia acesso a 1.700 'sites' de caráter pedófiloA Interpol, anunciou em maio o desmantelamento de uma rede internacional de pedófilos conectados no "darkweb".
A medida foi ordenada pelo procurador-geral após uma operação conjunta do departamento de combate à cibercriminalidade, da polícia e da Interpol, segundo o comunicado.

"O tribunal de Tel Aviv ordenou o bloqueio de acesso a cerca de 1.700 'sites' internet que difundem fotos e vídeos de caráter pedófilo e que estavam disponíveis em portais israelitas", precisa o comunicado.
A Interpol, uma organização de cooperação policial internacional, anunciou em maio o desmantelamento de uma rede internacional de pedófilos conectados no "darkweb", um conjunto de redes encriptadas e escondidas na 'deep web', uma parte da internet não referenciada pelos motores de busca clássicos.
As informações sobre os 'sites' foram obtidas junto da Interpol, afirmou o ministério israelita, ao referir-se a uma lista de todos os 'sites' acessíveis que difundem material de caráter pedófilo através do mundo.
Estes portais israelitas são intimados a bloquear o acesso a esses 'sites', sob pena de sanções.
A Interpol, com sede em Lyon (França), permite trocas de informações entre polícias de cerca de 200 países. A instituição publica regularmente "notícias vermelhas", pelas quais informa os seus membros da emissão de um mandado de detenção de um país contra um indivíduo.


SHARE THIS

Author:

O Coisas Judaicas cobre uma das partes mais complicadas e controversas do mundo, o Estado de Israel. Determinado a manter os leitores totalmente informados e capacitá-los a formar e desenvolver suas próprias opiniões, o Blog existe de 2005 e sempre procuramos dar a nossos leitores noticias e opiniões avalizadas. Sobre Israel, a região e o mundo judaico.

0 coment rios: