Facebook pode causar depressão diz estudo israelense

 Facebook pode causar depressão diz estudo israelenseApenas 15 minutos de navegação na plataforma de mídia social são suficientes para causar depressão, sugere um novo estudo israelense.
Um estudo conduzido por um psicólogo social do Departamento de Ciências Comportamentais do Hadassah Academic College, em Jerusalém, concluiu que 15 minutos conectados ao Facebook são suficientes para tornar uma pessoa vulnerável à depressão, principalmente como resultado da redução da autoestima.
A pesquisa, liderada pelo Dr. Yitzhak Alfasi, usou 80 usuários do Facebook com idades entre 19 a 35 anos. Os resultados, relatados pelo Arutz-7 e Yediot Aharonot, foram publicados na revista internacional “Personality and Individual Differences”.
Os participantes foram divididos no grupo “experimental” e tiveram que ficar conectados apenas no feed de noticias, ou seja, em publicações gerais do facebook por cerca de 15 minutos. Já o outro grupo, chamado de “control”, ficou apenas na página oficial do National Geographic, também no Facebook, por igual período de tempo. O último grupo não encontrou "amigos" no Facebook.
Eles foram convidados a preencher um questionário sobre o seu nível de autoestima. Os resultados indicaram que o primeiro grupo sofreu menores níveis de autoestima e mais sintomas de depressão.
"As conclusões do estudo indicam que a exposição às redes sociais pode ter um efeito psicologicamente negativo", disse o Dr. Alfasi. "O efeito cumulativo da deficiência no senso de autoestima e bem-estar mental pode ser significativo".

Postar um comentário

0 Comentários