• Ultimas

    Coisas Judaicas

    O Blog judaico

    10/04/2019

    O judeu Bóris Fischer e o palestino Mamede

    O judeu Bóris Fischer e o palestino Mamede
    Visto em séries de TV e premiado no cinema nos últimos anos, Osmar Prado, 71, volta às novelas para viver o judeu Bóris Fischer em "Órfãos da Terra" (Globo). O ator celebra o fato de trabalhar, pela primeira vez, olhos nos olhos com o colega Flávio Migliaccio, 84, que interpreta o palestino Mamede, e comemora o tema escolhido para a trama.
    Vizinhos, Bóris e Mamede vão representar o conflito Israel-Palestina com uma pitada cômica. Para Prado, a novela das seis deve inspirar reflexão sobre a necessidade de aprendermos a viver juntos.
    "Eu e Flávio já trabalhamos na mesma obra, mas nunca no mesmo núcleo. Somos admiradores um do outro e, agora, teremos a chance de ter as nossas personagens interligadas. Inicialmente, pela intolerância, pela violência ou por causa de nossos cachorros que se vão se apaixonar", brinca Prado.
    Na trama, Mamede é um imigrante palestino que, por ter tido a casa destruída pelo exército israelense na Faixa de Gaza, tem horror ao vizinho judeu. Ele não suporta nem que seu cão Sultão chegue perto da cachorra Salomé, de Bóris. Só que os dois cães vão se apaixonar e os netos deles também. Ali Al Aud (Mouhamed Harfouch), neto de Mamede, vai ficar louco por Sara (Verônica Debom), neta de Bóris.
    O complexo conflito entre Israel e Palestina não será tratado de forma didática ou como uma lição de história, segundo Prado. "Meu personagem é um judeu que está tocando a sua vida no Brasil tranquilamente até que aparece um vizinho palestino do nosso lado. Essa briga entre eles coloca em discussão uma questão humana. Eles começam às turras, mas, lá adiante vão ter de se aproximar e se ajudar", adianta o ator. 
    Em uma trama que trata de refugiados de guerra em busca de asilo em outros países, o personagem de Prado reforça uma mesma mensagem dos outros núcleos da novela, segundo o ator. "O grande objetivo é dizer que, como habitamos todos o mesmo planeta, um dia teremos de aprender a conviver. O homem terá de entender que escravizar o outro em busca do poder não faz mais sentido. Precisamos ter outros poderes, como o poder de ajudar a quem precisa", defende o ator.
    Prado afirma que o homem ainda não percebeu o quanto é forte quando se une. "Todas as religiões pregam a mesma coisa e ninguém entendeu ainda. Inclusive o cristianismo quando Jesus fala 'amai-vos uns aos outros como a ti mesmo'. Mas a gente faz para o outro aquilo que não gostaria que fizessem com a gente. Essa mudança [de comportamento] deve ser um treinamento diário em nossas vidas", defende o ator. 
    O último papel em novelas de Osmar Prado foi o Coronel Epaminondas em "Meu Pedacinho de Chão" (Globo), em 2014. Nos últimos anos, ele venceu o prêmio de melhor ator do Festival de Gramado ao viver Kid Jofre no longa "10 Segundos para Vencer" (2018), e fez parte do elenco de "Ilha de Ferro" e "Nada Será como Antes", ambas séries disponíveis no Globoplay.
    CONHEÇAS FAMÍLIAS INIMIGAS DA VILA MARIANA
    Mamede Al Aud (Flávio Migliaccio)
    Imigrante palestino, não simpatiza com seu vizinho israelense Bóris (Osmar Prado). Ambos travam uma cômica rivalidade, já conhecida por todos na Vila Mariana. Mamede fica ainda mais contrariado quando descobre que seu neto está apaixonado por Sara (Verônica Debom), neta de Bóris
    Ali Al Aud (Mouhamed Harfouch)
    O dono da casa de chá "Aletria", localizada na Vila Mariana, é um homem alegre, de bom coração. Ele e a irmã Muna (Lola Fanucci) nasceram no Brasil, depois que sua mãe e avô Mamede (Flávio Migliaccio), ambos palestinos, foram morar em São Paulo, fugidos de um ataque do exército israelense que destruiu a casa deles em Gaza.
    Muna Al Aud (Lola Fanucci)
    A irmã de Ali (Mohammed Harfouch) é professora de dança do ventre e ajuda a família como garçonete no restaurante "Aletria". 
    Latifa (Luana Martau)
    A jovem palestina é trazida por Mamede (Flávio Migliaccio) para se casar com Ali (Mohammed Harfouch) e afastá-lo de Sara (Verônica Debom). 
    Roth Fischer (judeus)
    Bóris Fischer (Osmar Prado)
    O judeu é avô de Sara (Verônica Debom) e pai de Eva (Betty Gofman). Bóris faz questão que sua neta se relacione apenas com outros judeus, por isso não aceita o namoro dela com Ali (Mohamed Harfouch). Não suporta sequer a ideia de ver sua cadela Salomé se aproximar de Sultão, o cão de Mamede (Flávio Migliaccio), seu vizinho palestino, com quem mantém uma cômica rivalidade.
    Sara Roth Fischer (Verônica Debom)
    Brasileira de origem judaica, se interessa pela cultura árabe, especialmente pela dança do ventre. Por conta da rixa entre seu avô Bóris (Osmar Prado) e o vizinho Mamede (Flávio Migliaccio), adota uma nova identidade para namorar Ali (Mohamed Harfouch)
    Eva Roth Fischer (Betty Gofman)
    Mãe de Sara (Verônica Debom) e de Davi (Vitor Thiré), que foi lutar no exército israelense, apoia o namoro da filha com Ali (Mohamed Harfouch), apesar de não concordar com a falsa identidade criada por ela. 
    Davi Roth Fischer (Vitor Thiré)
    Por influência do avô, contra a vontade da mãe, Eva (Betty Gofman), e da irmã, Sara (Verônica Debom), se alista no exército israelense e luta na Faixa de Gaza.

    Nenhum comentário:

    Comida Judaica

    Cultura

    Turismo