Falece rabino sobrevivente de Auschwitz que serviu de cobaia para Josef Mengele


Falece rabino sobrevivente de Auschwitz que serviu de cobaia para Josef Mengele
Milhares de pessoas acompanharam neste domingo os funerais em Jerusalém do rabino Menachem Mendel Taub, resgatado do campo de concentração nazista de Auschwitz, que faleceu aos 96 anos.


Uma importante testemunha dos horrores do Holocausto, Taub nasceu na Transilvânia, na Romênia, em 1923, e faleceu na Cidade Santa.
Conhecido na comunidade ultraortodoxa pelo nome de Admur de Kaliv, como o nome de uma dinastia de rabinos hassídicos da qual era oriundo, foi deportado em 1944 para Auschwitz aos 22 anos com seis irmãos e irmãs.
Único sobrevivente da família, foi vítima das experiências do médico nazista Josef Mengele.
Em 1963, deixou os Estados Unidos e foi para Israel, onde escreveu vários livros sobre os horrores do extermínio de judeus durante a Segunda Guerra Mundial.
"Aquele que viu como crianças eram arrancadas dos braços de suas mães para serem jogadas ao fogo não pode esquecer", afirmou em 2014 numa entrevista ao site Ynet.
O primeiro-ministro e o presidente de Israel lamentaram a morte do rabino.

Postar um comentário

0 Comentários