Com que mão devemos segurar os alimentos ao recitar as Berachot antes de come-los?

Com que mão devemos segurar os alimentos ao recitar as Berachot antes de come-los?Pergunta:

Com que mão devemos segurar os alimentos ao recitar as Berachot antes de come-los?

Resposta:

Um dos fundamentos do Judaísmo é o conceito composto de gratidão e reconhecimento. Esses valores são tão essenciais e óbvios que a Torá nem os menciona explicitamente como um de seus preceitos, ou seja, o fato de termos de agradecer ao Criador por todos os proveitos e prazeres que experimentamos neste mundo (Olam Hazé). Uma pessoa que sabe reconhecer e agradecer é modesta e humilde, pois, por um lado, admite a sua necessidade eventual da ajuda alheia e, por outro, entende que tais ajudas não são fatores óbvios ou triviais. O ingrato, por sua vez, é orgulhoso e prepotente, pois acha que o mundo lhe deve.
O quanto devemos reconhecer e agradecer ao Criador por ter forjado um universo tão maravilhoso, meticulosamente organizado, nos dando piedosamente a oportunidade de viver nele em boas condições e sob a Sua supervisão constante! 
A halachá fixa que, quando fazemos a berachá (bênção) sobre algum alimento, deve-se segurá-lo com a mão direita, que é a mão principal, considerada a mais forte e com a qual atuamos de forma criativa, denotando mais respeito e concentração. O canhoto deve usar a sua mão forte e criativa, ou seja, a esquerda. No entanto, quando faz uma berachá para outras pessoas – como o kidush, por exemplo –, o canhoto deve usar a mão direita.
Com relação à berachá do pão – “Hamotsi” –, há o costume de segurar o pão com as duas mãos, ou seja, com os dez dedos, simbolizando as dez palavras contidas nesta berachá e as dez mitsvot vinculadas à panificação. Por exemplo, a proibição do arado com dois animais de espécies diferentes para o plantio do trigo, ou a proibição de semear duas espécies juntas diferentes (kilaim).

Postar um comentário

0 Comentários