O Fogo da Alma



O Fogo da AlmaFogo é paixão. Toda paixão vem do fogo da alma: “A chama de D'us é a alma do homem.”
Como uma chama, uma alma sempre chega ao alto, lambendo o ar em sua busca pela transcendência, somente para ser restringida pelo pavio trazendo a chama para a terra. O fogo da alma deseja desafiar os confins da vida; o espírito livre deseja subir ainda mais, sempre atingindo os céus. Como o fogo, o espírito em chama não pode tolerar a mediocridade e a monotonia do “pavio” inanimado do materialismo. Sua paixão não tem limites pois procura o além.

O Fogo da Sua Alma

Cada um de nós possui uma alma poderosa, com fogo em seu centro. Cada um de nós irá, a uma altura ou outra, encontrar oportunidades espirituais: momentos apaixonados que irão aumentar e acender nossos fogos, trazendo transcendência – a necessidade de ir além da rotina diária. A transcendência pode assumir muitas formas: espiritualidade, música, romance, viagem ou sexualidade, para citar algumas.
O desafio é grande. A escolha é nossa. Como você age nessas horas – quando as chamas da sua alma estão acesas – vai definir o destino da sua vida. A busca e a necessidade pela transcendência, o anseio e a busca por uma altura espiritual é um ingrediente saudável e necessário na jornada humana. Todas as grandes conquistas do homem, seus atos mais nobres, seus amores mais profundos – vêm do fogo apaixonado da alma.

Os Perigos da Paixão

Mas assim como essa pode ser a fonte da nossa maior força, o fogo da alma, como qualquer fogo, pode também nos consumir e aniquilar. Como todas as coisas poderosas, grande cuidado deve ser tomado para que a experiência espiritual não “queime você”, mas esteja integrada em sua vida.
Assim como devemos realizar nossas almas apaixonadas, devemos também assegurar que nossa paixão não nos faz expirar em êxtase e escapar do universo, não importa o quanto aquela escolha possa parecer interessante. Mas sim, devemos domar e canalizar a paixão para transformar nosso mundo material num lar Divino.

O que determina se o fogo da alma será construtivo ou destrutivo?

O fator determinante sobre se o fogo da alma será uma força construtiva ou destrutiva é a motivação da pessoa, e como você começa sua jornada espiritual. Se é uma experiência auto-indulgente, dirigida basicamente por desejo pessoal e interesse, então você não desejará sair do seu êxtase particular para as necessidades do mundo, e o fogo inevitavelmente irá consumir você. Se, no entanto, é dirigido pela dedicação altruísta e se rende totalmente ao seu chamado Divino mais alto, então dentro desse êxtase, o desejo de retornar e santificar o mundo será sempre implícito, e o fogo vai elevar você e seu mundo a alturas exaltadas.

Nossa Maior Conquista

A paixão que arde no espírito desacorrentado pode superar qualquer desafio. Porém, nosso sucesso em domar essas chamas poderosas está em proporção direta com nossa humildade e altruísmo em apreciá-los. E protegendo e alimentando cuidadosamente essas chamas.
A pergunta que devemos fazer é dupla:
  1. Meus fogos estão acesos?
  2. O que farei com esses fogos – vou mergulhar neles ou permitir que elevem a mim e ao mundo ao meu redor para alturas e propósitos maiores?

Exercício

Encontre o fogo dentro de si mesmo. Use-o para um objetivo construtivo.

Postar um comentário

0 Comentários