Conib lamenta a morte de Michel Bacos

Conib lamenta a morte de Michel Bacos A Conib lamenta a morte de Michel Bacos, o comandante da Air France que, em ato heroico, recusou-se a abandonar os reféns quando o seu avião foi sequestrado e levado para o aeroporto de Entebbe, em Uganda,em 1976. Bacos morreu ontem em Nice, aos 95 anos. "Ele foi um verdadeiro herói, que pôs em risco sua própria vida para proteger judeus e israelenses que estavam no voo. Que sua memória seja sempre lembrada como exemplo de coragem e de honra", disse o presidente da Conib, Fernando Lottenberg.

Postar um comentário

0 Comentários