O rabino que faz parte da votação do Oscar

O rabino que faz parte da votação do Oscar Há quase 8 mil pessoas que podem votar no Oscar deste ano. Mas apenas uma delas é um rabino.
É o que diz o rabino Marvin Hier, duas vezes vencedor do Oscar, que é membro da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas desde que conquistou sua primeira estatueta de ouro, há quase 40 anos.
Visitando Jerusalém apenas um dia antes da abertura para votação do Oscar de 2019, marcado para este domingo em Los Angeles, Hier se sentou com o The Jerusalem Post para discutir o voto no Oscar, política e a longa conexão entre Hollywood e o Centro Simon Wiesenthal, fundado por ele em 1977.
O rabino ortodoxo de 80 anos pode não ser o típico eleitor do Oscar. Mas ele leva o trabalho a sério.
"Todos os membros da academia assistem a todos os filmes do começo ao fim", disse Hier. Ou, pelo menos, eles deveriam. "Não é justo fazer isso - assistir a um filme por cinco minutos", disse ele. "No interesse da justiça, você tem que assistir [por inteiro]".
Tal compromisso pode tomar um grande pedaço de tempo, ele disse, e é por isso que ele teve que se limitar a certas categorias: os documentários e filmes principais.
"No ano passado, tive mais tempo, então participei da categoria de curtas também", disse Hier. Mas ele fica de fora votando nos filmes estrangeiros e nos desenhos animados. "É demais para mim - não assumiria uma obrigação que não tenho tempo para fazer". E ele disse que não acredita que tenha pulado um ano de votação uma vez desde 1982: "Eu faço questão de não perder".
"Há muitos filmes ótimos com assuntos de fora dos Estados Unidos", disse Hier. "Houve dois ou três que foram realmente notáveis - falando sobre questões globais, não apenas questões nos Estados Unidos. Eu pensei que isso foi uma mudança em relação aos anos anteriores.?
Dois dos filmes da categoria de melhor filme este ano - Roma e The Favorite - estão fora dos EUA. O drama histórico polonês Cold War é indicado a três prêmios, incluindo o de melhor diretor.

Postar um comentário

0 Comentários