Netanyahu pede aos líderes europeus que acabem com a praga do antissemitismo

Netanyahu pede aos líderes europeus que acabem com a praga do antissemitismoO primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, pediu aos líderes europeus que "acabem com a praga do antissemitismo" e convidou os judeus franceses a "voltarem para casa (Israel)".
"Hoje (ontem) algo grave e chocante aconteceu na França", disse Netanyahu em vídeo, em hebraico, publicado nas redes sociais. "Oitenta túmulos de judeus foram profanados com símbolos nazistas por selvagens antissemitas".
"Eu peço aos líderes da França e de toda a Europa que tomem uma posição forte contra o antissemitismo", disse Netanyahu. "Essa é uma praga que põe em risco não apenas os judeus, mas a todos, e deve ser condenada onde e quando surgir".
O ministro da Imigração Yoav Gallant pediu aos judeus que "voltem para casa", para Israel, após a profanação do cemitério. "A profanação do cemitério judeu na França evoca imagens de tempos sombrios na história do povo judeu". "Condeno vigorosamente o antissemitismo na França e digo aos judeus: voltem para casa, emigrem para Israel", completou.
Isaac Herzog, presidente da Agência Judaica, que cuida da imigração judaica para Israel, chamou o vandalismo de "mais uma indicação do antissemitismo desenfreado que se espalha por toda a Europa, ameaçando os judeus nas ruas". "É hora de os governos acordarem!", escreveu Herzog no Twitter.

Postar um comentário

0 Comentários