27/02/2019

Israel prende palestino líder-símbolo da intifada

Israel prende palestino líder-símbolo da intifada Em operação conjunta, as Forças de Defesa de Israel (IDFs), o Shin Bet e a Polícia israelense prenderam dois palestinos, entre eles o ex-comandante da Brigada dos Mártires de al-Aqsa, da Fatah, acusados de envolvimento em recentes atividades terroristas, informou a agência de segurança israelense.
Os presos foram identificados como Zakariya Zubeidi e Tarek Barghouti. De acordo com o Canal 13, Zubeidi foi preso em Ramallah, na Cisjordânia.
Considerado como "símbolo da intifada", Zubeidi renunciou à militância há mais de uma década, segundo informou o Canal 13.
Em entrevista concedida em 2009 ao Ma'an News, Zubeidi disse que a resistência palestina poderia coexistir ao lado de negociações com Israel, mas não esclareceu se esse movimento seria pacífico ou não.
Em 2012, Zubeidi foi preso pela Autoridade Palestina, após ser acusado de "colaborar" com Israel e matar o cineasta árabe-israelense Juliano Mer-Khamis. Zubeidi negou as acusações e disse que foi torturado e mantido sob condições desumanas na prisão palestina em Jericó. Ele também é suspeito de ser um dos principais arquitetos de vários ataques terroristas durante o início dos anos 2000. Em 2017, ele foi libertado e voltou para Jenin.
O outro preso é o advogado Tarek Barghout, que atua na defesa de palestinos suspeitos de terrorismo.
Nesta terça-feira (26), o Canal 12 informou que as forças de segurança da Autoridade Palestina prenderam na cidade de Nablus, na Cisjordânia, seis pessoas que faziam parte de uma célula do Hamas que estaria preparando uma série de ataques terroristas com explosivos.
De acordo com a informação, a célula estava recebendo ordens diretas da Faixa de Gaza. Forças de segurança da Autoridade Palestina teriam frustrado as atividades do grupo, depois de terem detido seu líder, que admitiu ter recebido 50 mil dólares do líder do Hamas Saleh al-Arouri para realizar os ataques (Anna Ahronheim, Jerusalem Post).

Compartilhe

Author:

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico.

0 comentários: