22/01/2019

Israel inaugura novo aeroporto perto do Mar Vermelho

Israel inaugura novo aeroporto perto do Mar VermelhoIsrael inaugurou, nesta segunda-feira (21), um novo aeroporto internacional no sul desértico do país para estimular o turismo com destino ao Mar Vermelho e servir de alternativa para Tel-Aviv, sua principal plataforma aeroportuária, em caso de conflito.
A cerimônia oficial contou com a presença do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.
Em um primeiro momento, o aeroporto de Ramon - em homenagem a Ilan Ramon, o primeiro astronauta israelense morto em 2003 na explosão do foguete espacial Columbia - servirá unicamente para voos domésticos das companhias Arkia e Israir.
Ainda não se sabe quando o aeroporto receberá voos internacionais, mas foi planejado para receber grandes aeronaves.
Seu site afirma que sua capacidade inicial será de 2 milhões de passageiros por ano, mas que pode ser aumentada para 4,2 milhões até 2030.
Com uma pista de 3.600 metros, o aeroporto fica a pelo menos 18 quilômetros do balneário israelense de Eilat e do porto jordaniano adjacente de Aqaba.
Companhias aéreas de baixo custo e de passageiros que atualmente utilizam o aeroporto de Ovda, localizado a 60 quilômetros de Eilat, começarão a operar no novo aeroporto de Ramon, acrescentou a página institucional on-line.
Ramon também vai substituir o pequeno aeroporto municipal de Eilat, cuja pista fica próximo de construções urbanas.
O custo de construção foi de 455 milhões de dólares. As obras começaram em 2013, e o projeto acabou sofrendo várias modificações.
A Autoridade de Aeroportos de Israel (IAA) explicou que os planos foram revistos para levar em conta as lições da guerra travada em 2014 por Israel na Faixa de Gaza. Esse território é controlado pelos islamistas palestinos do Hamas.
"Em caso de emergência, Israel não apenas poderá pousar todas as aeronaves civis em Ramon, como também aeronaves adicionais", afirma a IAA.
Depois que um foguete do Hamas foi disparado contra um setor localizado no perímetro do aeroporto de Ben Gurion, em Tel Aviv, algumas companhias aéreas suspenderam seus voos para Israel em 2014.
Segundo a imprensa israelense, uma cerca "inteligente" antimíssil de 26 metros de altura e 4,5 quilômetros de comprimento devem proteger Ramon, que fica na fronteira com a Jordânia, o único país árabe, juntamente com o Egito, que mantém relações diplomáticas com Israel.
A IAA se recusou a comentar esta informação.
O turismo constitui uma importante fonte de renda para Israel, atingindo US$ 5,8 bilhões em 2017, segundo as últimas estatísticas.
O número de turistas, para um país de cerca de 9 milhões de habitantes, foi de 3,6 milhões no ano passado, um recorde, de acordo com o Ministério do Turismo.
Os maiores contingentes de turistas foram de Estados Unidos, Rússia, França, Alemanha e Reino Unido.

Compartilhe

Author:

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico.

0 comentários: