Netanyahu: O mundo nos apóia quando somos fortes

Netanyahu: O mundo nos apóia quando somos fortes"Israel desfruta de um florescimento diplomático sem precedentes, inclusive no mundo árabe e muçulmano", disse o legislador a visita do presidente do Chade.

Em comentários no Knesset, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, visitou o presidente tcheco, Milos Zeman, por prometer mudar a embaixada de seu país para Jerusalém, e elogia o presidente chadiano Idriss Deby, que disse aos líderes israelenses em Jerusalém que deseja restaurar as relações diplomáticas.
O primeiro-ministro acrescenta que Deby o convidou para visitar o Chade e que ele "aceitou" alegremente o convite.
"Estamos abrindo o mundo", diz Netanyahu. “Israel está desfrutando de um florescimento diplomático sem precedentes, inclusive no mundo árabe… e no mundo muçulmano”.
Netanyahu disse que líderes israelenses anteriores tentaram fortalecer a posição internacional de Israel com "concessões perigosas, incluindo o desarraigamento de comunidades", referindo-se a assentamentos na Cisjordânia e na Faixa de Gaza.
"Isso não tem e não está acontecendo comigo", continua Netanyahu. “O exato oposto está acontecendo. Estamos recebendo o apoio do mundo, inclusive de muitos no mundo árabe, por causa de nossa determinação e força ”.
Ele acrescenta: “Acreditamos na paz pela força, acreditamos em alianças nascidas do valor de Israel como uma potência tecnológica, financeira, de defesa e inteligência. É isso que vamos continuar fazendo e é assim que vamos alcançar a paz. ”
- Michael Bachner

Postar um comentário

0 Comentários