13.11.18

Autoridades israelenses rejeitam mediação e estudam nova ação em Gaza

Após o lançamento de 400 foguetes contra território israelense, que deixaram um morto e dezenas de feridos, Israel rejeitou a mediação internacional, enquanto os líderes israelenses se reuniam para decidir uma nova estratégia militar para Gaza. "Neste momento não estamos conversando sobre um cessar-fogo", disse uma importante autoridade israelense ao Times of Israel, sob condição de anonimato. 

Depois que mais de 400 foguetes e morteiros foram disparados em menos de 24 horas contra o sul do país por terroristas a partir da Faixa de Gaza, as autoridades israelenses decidiram não conversar com os emissários do Egito e da ONU, que que buscavam desarmar a situação explosiva. 

O gabinete de segurança se reuniu pela manhã na sede do Exército em Tel Aviv para se inteirar da situação e decidir sobre as novas medidas a serem adotadas. O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu disse nos últimos dias quer evitar "guerras desnecessárias", mas também destacou que Israel pode não ter outra alternativa a não ser realizar outra operação militar em larga escala em Gaza para deter ataques com foguetes contra civis israelenses. 


SHARE THIS

Author:

O Coisas Judaicas cobre uma das partes mais complicadas e controversas do mundo, o Estado de Israel. Determinado a manter os leitores totalmente informados e capacitá-los a formar e desenvolver suas próprias opiniões, o Blog existe de 2005 e sempre procuramos dar a nossos leitores noticias e opiniões avalizadas. Sobre Israel, a região e o mundo judaico.

0 coment rios: