3 de out. de 2018

História real de Os Invisíveis estreia nesta quinta-feira

História real de Os Invisíveis estreia nesta quinta-feiraBerlim, fevereiro de 1943: O Partido Nacional-Socialista declara a capital do Reich "livre de judeus". Naquele momento, 7.000 judeus conseguiram se esconder dos olhos dos perseguidores. Destes, perto de 1.700 sobreviveram aos horrores da guerra em Berlim. 

OS INVISÍVEIS conta as histórias de quatro dessas testemunhas contemporâneas. Hanni Lévy, que acaba de completar 17 anos, perdeu seus pais. Graças a seu cabelo loiro tingido, ela é praticamente invisível para seus perseguidores e passeia ao longo da famosa avenida Ku'damm para passar o tempo. Cioma Schönhaus também foi para a clandestinidade e leva uma vida aventureira, tornando-se um falsificador de passaportes, trabalho por meio do qual ele salva a vida de dezenas de outros judeus. E enquanto Eugen Friede se junta a um grupo de resistência que distribui folhetos antigovernamentais, Ruth Arndt e um amigo, durante o dia, sonham com a vida na América, ao passo que, à noite, ela finge ser uma viúva de guerra e serve comidas gourmet do mercado negro no apartamento de um oficial nazista.

Com distribuição da A2 Filmes e Mares Filmes, o filme chega aos cinemas de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Florianópolis, Recife, Salvador, Vitória, Barueri, Jab Guararapes e Teresina.

Nesta quinta-feira, (04), estreia nos cinemas brasileiros o drama Os Invisíveis (Die Unsichtbaren | The Invisibles), do cineasta e roteirista Claus Räfle e estrelado por Max Mauff (Ponte dos Espiões; Sense8), um dos destaques da programação do 22º Festival de Cinema Judaico de São Paulo deste ano.

Assista ao trailer:


SHARE THIS

Author:

O Coisas Judaicas cobre uma das partes mais complicadas e controversas do mundo, o Estado de Israel. Determinado a manter os leitores totalmente informados e capacitá-los a formar e desenvolver suas próprias opiniões, o Blog existe de 2005 e sempre procuramos dar a nossos leitores noticias e opiniões avalizadas. Sobre Israel, a região e o mundo judaico.

0 comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não do Blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.Não publicamos comentários anônimos. Coloque teu URL que divulgamos