Unicamp divulga imagens do suspeito de pichações nazistas e racistas

Unicamp divulga imagens do suspeito de pichações nazistas e racistasPor orientação da Polícia Civil, a administração central da Unicamp divulgou nesta quinta-feira (16) imagens do circuito interno de câmeras que mostram um suspeito da autoria de pichações de cunho nazista e de apologia à violência na biblioteca do Instituto de Estudos da Linguagem (IEL), Instituto de Geociências (IG), Biblioteca Central (BC) e Ciclo Básico (CB). 

O material também já foi disponibilizado para a Policia Civil, que conduz as investigações. A Unicamp pede a quem reconhecer o suspeito ou tiver informações sobre o ato que entre em contato com a Vigilância do Campus, por meio do telefone 3521-6000. Na quarta-feira (15), foram encontradas pichações nas paredes e computadores do IEL e no banheiro masculino do IG. Nesta quinta-feira (16), após novo levantamento, também foram encontradas pichações com as mesmas características na BC e no CB.  

Imagens do circuito interno de câmeras da UnicampImagens do circuito interno de câmeras da UnicampAlém de registrar o caso na polícia, a administração central também instaurou sindicância interna para apurar o caso. As imagens mostram um homem de roupa escura em atitude suspeita circulando pela biblioteca do IEL. 

Após entrar pela porta principal, ele mexe numa bolsa que estava em cima de um dos armários na entrada do prédio. Numa das imagens, ele aparece tirando do bolso um objeto semelhante a uma caneta vermelha do tipo pincel atômico. As pichações foram feitas com uma caneta desse tipo, de marcador vermelho com tinta permanente. 
A Reitoria da Unicamp afirmou que condena com veemência o ato de vandalismo e tomará todas as providências para apurar o fato e garantir que o autor seja identificado e devidamente processado dentro e fora da Universidade. “Mais graves do que os danos causados ao patrimônio público são o simbolismo dos desenhos e o teor das mensagens, totalmente incompatíveis com os valores da Unicamp e absolutamente inaceitáveis no âmbito de uma comunidade acadêmica que preza a democracia, a paz e a diversidade”, diz a nota da universidade.
Share on Google Plus

About Coisas Judaicas

No Coisas Judaicas, fazemos de tudo para manter nossos amigos e visitantes bem informados. Todo mês, mais de 45 mil visitantes do mundo inteiro procuram nosso Blog para ler sobre:Judaísmo, Israel e o mundo judaico. É a nossa missão

0 Comentários:

Postar um comentário

Deixe sua opinião

[Fechar]

Receba gratuitamente o melhor conteúdo do Coisas Judaicas no seu e-mail e fique sempre atualizado.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner