16 de jul. de 2018

Tishá beAv - Estudar Torá e se cumprimentar




• No dia de Tisha Beav (9 de Av), dia no qual os dois Templos Sagrados foram destruídos, a Halachá proibe estudar Torá. Foi permitido, no entanto, estudar as agadot (histórias) da destruição e demais assuntos tristes, relacionados às perseguições e sofrimentos do povo de Israel. É permitido também estudar as halachot do próprio Tisha Beav.

• Deve-se tomar o cuidado de não se ler, neste dia de luto nacional, jornais, revistas ou livros divertidos que desviem a atenção do luto. O motivo é que o significado essencial deste dia é justamente refletir sobre os sofrimentos decretados sobre o povo de Israel na longa diáspora em que ainda estamos.

• Como um sinal de luto, é proibido também as pessoas se cumprimentarem, dizendo "shalom" umas às outras. De acordo com a maioria dos Poskim (rabinos legisladores), é proibido dizer também "boa noite" e "bom dia". Quando alguém que não sabe essa regra cumprimenta outrem, este último deve responder-lhe "bom dia", para não magoá-lo, mas com cabeça baixa. Isso é melhor do que responder com a palavra "shalom".

Leilui Nishmat:
Guershon ben Akiva Z"l
Shmil Moshe ben Mordechai Z"l

Fonte: Kolel Rio

SHARE THIS

Author:

O Coisas Judaicas cobre uma das partes mais complicadas e controversas do mundo, o Estado de Israel. Determinado a manter os leitores totalmente informados e capacitá-los a formar e desenvolver suas próprias opiniões, o Blog existe de 2005 e sempre procuramos dar a nossos leitores noticias e opiniões avalizadas. Sobre Israel, a região e o mundo judaico.

0 comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não do Blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.Não publicamos comentários anônimos. Coloque teu URL que divulgamos