Transmissão em transformação

Transmissão em transformaçãoEsta notícia foi escrita por Maureen Flores e retirada do Jornal O Globo
Não é segredo que a transmissão televisiva de eventos esportivos rende a fatia mais lucrativa do esporte: direitos televisivos, os quais somados aos patrocínios representam o montante de recursos que faz rodar essa industria bilionária. O desafio agora  será conduzir a transição desse modelo para um novo paradigma tecnológico que já está disponível mas que ainda não se disseminou, prioritariamente, devido a inércia do modelo em vigor, ao marco jurídico que rege os direitos de imagem e alguma (pouca) barreira de infraestrutura.
Ano passado em São Paulo, o clube Pinheiros utilizou a solução keemotion (https://www.keemotion.com/) que permite gravar indoor jogos de basquete. Com essa tecnologia, as imagens passaram a ser produzidas de forma autônoma (sem câmeras) e enviadas em tempo real diretamente para o broadcaster. Hoje, com a solução israelense Pixellot (http://www.pixellot.tv/) já poderíamos realizar o mesmo tipo de gravação no Maracanã. Com a possibilidade de gravação outdoor e com algorítimos desenvolvidos para várias modalidades esportivas, como o futebol, Israel dá mais um passo na consagração do esporte como indústria de entretenimento. Interessante notar, que esse tipo de tecnologia reduz dramaticamente os custos de produção, eliminado a necessidade de inúmeros profissionais e, sem dúvida, como todas as tecnologias, deixando na superfície a  questão sobre desemprego e necessidade de readaptação das carreiras para os novos profissionais.
Apesar das possibilidades que a versão profissional da Pixellot apresenta para o esporte, seus executivos afirmam que estão interessados em divulgar a versão compacta que tem por objetivo conquistar o mercado esportivo que está fora da TV, aqueles milhões de amadores e jovens que não despertam o interesse do grande público e que não dispõem de recursos para gravações. Há dois pontos fortes nessa solução compacta: o primeiro é que o sistema após instalado além de gravar e transmitir faz uma seleção dos “melhores momentos” e envia direto para o celular dos fãs;  o segundo é a versão para treinadores que poderão dispor de inúmeras funcionalidades de análise de vídeo.
O funcionamento requer a instalação de uma câmera, tecnologia própria, no local da gravação. Todo o trabalho é feito de forma autônoma. A solução já está disponível nos Estados Unidos e na Alemanha; no momento a empresa negocia o lançamento no México.
Caso tenha interesse nesta ou queira conhecer outras empresas Israelenses de Tecnologia de Esportes, favor entrar em contato por meio dos e-mails e telefones indicados abaixo:
rio@israeltrade.gov.il | (21) 3259-9148
saopaulo@israeltrade.gov.il | (11) 3095-3111
Share on Google Plus

About Coisas Judaicas

No Coisas Judaicas, fazemos de tudo para manter nossos amigos e visitantes bem informados. Todo mês, mais de 45 mil visitantes do mundo inteiro procuram nosso Blog para ler sobre:Judaísmo, Israel e o mundo judaico. É a nossa missão

0 Comentários:

Postar um comentário

Deixe sua opinião

[Fechar]

Receba gratuitamente o melhor conteúdo do Coisas Judaicas no seu e-mail e fique sempre atualizado.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner